TI Corporativa

Ξ Deixe um comentário

A lei do moedor de carne nos softwares

publicado por Marcio Blak

Figura - A lei do moedor de carne nos softwaresEste post, de minha autoria, embora curtinho, fez grande sucesso na minha timeline do LinkedIN e resolvi compartilhar com vocês.

Você pode estar se perguntando o que tem a ver o moedor de carne na história.. bom, gosto de usar esta “lei” para ilustrar uma boa implementação e utilização de softwares em geral.

Passei grande parte da minha vida profissional implementando softwares em pequenos e médios varejos e food services. E, na verdade, muitos clientes achavam – e talvez achem até hoje – que estavam comprando um “fazedor de milagres” e não um software.

É isto mesmo, muitos clientes, ao implantar um software, volta e meia, perguntavam, onde é o botão “do resultado”. Bom, até existe um “botão de resultado”, mas sem dúvida, se não houver “o dever de casa”,  dados devidamente alimentados e processos executados, não haverá resultado algum.

Assim, surgiu a “Lei do Moedor de Carne”, ou seja, o moedor de carne, como o software, somente transforma, não cria, não inventa. Então, se você puser carne de um lado…. o que vai sair do outro? Carne, é óbvio. Processada, sim, mas, carne.

Em resumo, se você não se preocupar em alimentar corretamente um sistema, colocar dados, fazer os processos acontecerem, não adianta esperar um resultado decente.

Se informar dados errados, certamente terá dados que não prestam !

ou em outras palavras, “Sh!t in,  Sh!t out”.

Está implementando um novo software, recomendo que olhe – com carinho –  sua implantação, e toda sua operação sistêmica. Veja se esta entrando com carne e esperando sair salmão!  Querendo trocar uma idéia, manda um inbox.

Bons negócios!

[Crédito da Imagem: Softwares – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Marcio Blak, engenheiro, graduado pela UFRJ e com MBA em gestão de negócios pela FGV, e gestão de marketing pela ESPM, criador e gestor por 16 anos da SnackControl, empresa líder no segmento de softwares para automação e gestão no segmento de franquias defood-service, até 2008, quando foi vendida para Bematech. Em seguida atuou no mercado web, como CEO dos portais http://www.ComerNaWeb.com.bre http://www.FoodTraders.com.br

Marcio Blak

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.