Carreira

Ξ 4 comentários

Cuidado com o quê e como você fala

publicado por Vinicius Passos Silva

A linguagem dirige nossos pensamentos para direções específicas e, de alguma maneira, ela nos ajuda criar a nossa realidade, potencializando ou limitando nossas possibilidades. A habilidade de usar a linguagem com precisão é essencial para nos comunicarmos melhor. A seguir estão algumas palavras e expressões a que devemos estar atentos quando falamos, porque elas podem nos atrapalhar: 

 1) Cuidado com a palavra NÃO , a frase que contém “não”, para ser compreendida, traz à mente o que está junto com ela. O “não” existe apenas na linguagem e não na experiência. Por exemplo, pense em “não”… (não vem nada à mente). Agora vou lhe pedir “não pense na cor vermelha”, eu pedi para você não pensar no vermelho e você pensou. Procure falar no positivo, o que você quer e não o que você não quer;

2) Cuidado com a palavra MAS , que nega tudo que vem antes. Por exemplo, “o Pedro é um rapaz inteligente, esforçado, mas…..”. Substitua MAS por :    E  ,  quando indicado;

3) Cuidado com a palavra TENTAR que pressupõe a possibilidade de falha. Por exemplo, “vou tentar encontrar com você amanhã às 8 horas”. Tenho grande chance de não ir, pois, vou “tentar”. Evite “tentar”, FAÇA;

4) Cuidado com as palavras DEVO, TENHO QUE ou PRECISO , que pressupõem que algo externo controla sua vida. Em vez delas, use QUERO, DECIDO, VOU;

5) Cuidado com NÃO POSSO ou NÃO CONSIGO , que dão a idéia de incapacidade pessoal. Use NÃO QUERO, DECIDO NÃO, ou NÃO PODIA, NÃO CONSEGUIA, que pressupõe que vai poder ou conseguir;

6) Fale dos problemas ou das descrições negativas de si mesmo utilizando o verbo no tempo passado . Isto libera o presente. Por exemplo, “eu tinha dificuldade de fazer isso”;

7) Fale das mudanças desejadas para o futuro utilizando o tempo presente do verbo . Por exemplo, em vez de dizer “vou conseguir”, diga “estou conseguindo”;

8 ) Substitua SE por QUANDO . Por exemplo, em vez de falar “se eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar”, fale “quando eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar”. Quando pressupõe que você está decidido;

9) Substitua ESPERO por SEI . Por exemplo, em vez de falar, “eu espero aprender isso”, fale: “eu sei que eu vou aprender isso”. Esperar suscita dúvidas e enfraquece a linguagem;

10) Substitua o CONDICIONAL pelo PRESENTE . Por exemplo, em vez de dizer “eu gostaria de agradecer a vocês”, diga “eu agradeço a vocês”. O verbo no presente fica mais concreto e mais forte.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Vinícius Passos Silva é Graduado em Sistemas de Informação com Pós Graduação em Gestão de Projetos e MBA de Gestão em Tecnologia da Informação. Possui 21 anos de atuação no mercado de Tecnologia da Informação tendo atuado em posições de liderança em empresas nacionais e multinacionais dos mais variados segmentos.

Vinicius Passos Silva

Comentários

4 Comments

  • Parabéns Vinicius.
    A neuro lingúistica é uma ciência.
    Vc abordou de forma simples e proveitosa.
    Vou seguir sua sugestão.
    Ivan

  • Muito Obrigado Ivan.
    O poder das palavras é indiscutível.
    Palavras levantam e derrubam governos, constituem e despedaçam casamentos, trazem amor e ódio, alegria e tristeza.
    Acredito que quanto melhor empregarmos as palavras mais chances de sucesso teremos.

  • Com todo o respeito, mas essas palavras são realmente suas?

    Estão na internet, em vários sites:

    http://www.pnl.med.br/site/cuidado_fala_art.htm

    • Boa tarde Guru!

      As palavras são minhas, porém a teoria ou tese, não.
      Na verdade, participei de um treinamento da “Mastermind” sobre gestão, onde exercitamos o conceito apresentado no texto que escrevi.
      Com certeza se pesquisarmos na internet encontraremos diversas teorias de neuro linguística iguais ou parecidas a essa.
      Escrevo com base em minha experiência ou pesquisa.
      Espero ter contribuído.

      Abraços,
      Vinícius Passos Silva

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.