Tecnologia

Ξ Deixe um comentário

Com virtualização de tribunais, soluções de Gestão Eletrônica de Documentos tornam-se indispensáveis ao setor jurídico

publicado por Rodrigo Reis

Com virtualização de tribunais, soluções de Gestão Eletrônica de Documentos tornam-se indispensáveis ao setor jurídicoFerramentas auxiliam na digitalização, indexação e armazenamento, gerenciando grande volume de documentos com poucos cliques

Desde que o Superior Tribunal de Justiça foi virtualizado completamente em 2010, com base na Lei nº. 11.419, de 2006, e deixou de receber processos em papel, começou uma corrida no setor pela digitalização dos documentos. Atualmente, é rotina dos escritórios de advocacia protocolar as petições iniciais e intermediárias de forma eletrônica. Entretanto, cada tribunal tem suas especificações que regulamentam o formato de cada arquivo, entre outros itens.

A virtualização ajuda a agilizar os processos no sistema judiciário brasileiro, mas para se adequar às exigências e requisitos, cada escritório ou departamento jurídico identifica o que é preciso, como equipamentos compatíveis para a Gestão Eletrônica de Documentos (GED). Com os scanners e multifuncionais equipados com os softwares adequados, cada arquivo é digitalizado de acordo com os padrões da legislação vigente, poupando tempo e atingindo resultados.

Por se tratarem de processos, os documentos possuem valor inestimável e, apesar dos trâmites eletrônicos, precisam ser armazenados com total segurança. Quando o arquivo é gerado eletronicamente, passa por diversas operações judiciais, mas o advogado fica responsável por guardar a versão original, em papel.

O arquivamento físico de centenas ou até milhares de processos, dependendo do porte do escritório pode dificultar e demandar tempo quando for preciso realizar uma pesquisa ou alterações. Aí surge outra necessidade de uma solução GED, que facilita a busca pelo documento virtual, trazendo o resultado em segundos.

Como o processo documental de um escritório é grande, pois todo o trabalho fornecido gera demanda em papel e armazenamento, as ferramentas GED tornaram-se indispensáveis ao setor jurídico para coordenar todas a digitalizações, indexações e armazenamentos, aperfeiçoando processos e controlando um grande volume de documentos com poucos cliques.

[Crédito da Imagem: Gestão Eletrônica de Documentos – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Rodrigo Reis é diretor comercial e sócio da Reis Office, empresa líder em soluções completas para impressão, digitalização, transmissão e armazenamento de documentos.

Rodrigo Reis

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.