Carreira

Ξ 5 comentários

Você sabe com quem está falando?

publicado por Alvaro H. Beckerig, PMP

No tempo em que a informação caminhava na velocidade do passo do homem todo mundo queria saber mais sobre a pessoa que enviou determinada carta ou recado. Tarefa quase impossível para a época. Negócios eram feitos por intermediários, pessoas sequer se conheciam e quando faziam questão de se conhecerem pessoalmente longas viagens tinham que ser realizadas.

Mas e na era da Internet? Você sabe com quem está falando?

Por incrível que pareça por mais que vivamos conectados, muitos negócios são fechados por e-mail ou ferramentas colaborativas sem ao menos conhecermos bem quem está do outro lado. Tarefas são executadas em conjunto sem que sequer saibamos “quem são” os colaboradores. Equipes de programadores trabalham com outras pessoas do mundo todo no desenvolvimento de uma aplicação, negócios são fechados à distância e através do crowdsourcing vários desconhecidos trabalham em projetos sem fins lucrativos.

Mas o quão estratégico é conhecermos melhor a pessoa que fala conosco via e-mail?
Se você está conversando com um negociador ou colaborador e tem que trabalhar num projeto ou proposta seria interessante conhecê-lo um pouco mais para melhorar sua estratégia de abordagem ou até mesmo o modo como se comunica com a pessoa no dia-a-dia.

Redes sociais ajudam muito na hora de conhecermos mais sobre pessoas, isso é fato.

Uma pesquisa num perfil social de alguém pode dizer muito, um exemplo prático: quem reclama muito de serviços de fornecedores no Twitter deve ter o máximo de atenção, você não quer que sua marca ou empresa tenha uma imagem negativa em redes sociais e procurará fazer de tudo para que este cliente fale bem de sua empresa.

O processo é automático em nosso cérebro, o meme já está plantado, ao vermos perfis sociais seja no facebook, Linkedin, Twitter ou outra rede social, acabamos conhecendo um pouco da outra pessoa e tirando conclusões. Usando o filtro do bom senso essas conclusões podem ser bem acertadas e influenciarem na construção de uma excelente estratégia de relacionamento.

Utilizo o Rapportive (http://rapportive.com/), ideal para empresas que utilizam Google Apps ou usuários do Gmail, no canto da mensagem recebida é mostrado um sumário com mais informações sobre a pessoa. Todas as redes sociais onde a pessoa utilizou o e-mail são mostradas e você pode dar uma estudada no perfil dela antes de iniciar um negócio ou para formular uma estratégia de comunicação melhor.

Para quem não pode contar com este recurso, muitas vezes uma simples busca no Google pode trazer muita informação sobre alguém.

O outro lado da moeda: tendo em mente que as empresas ou pessoas podem achar informações relevantes sobre você só tendo seu endereço de e-mail ou nome, uma boa estratégia seria você possuir uma boa conduta nas redes sociais públicas, certo?

Não é o que acontece muito por aí, vemos na mídia casos onde pessoas são demitidas ou sequer admitidas por usarem de forma equivocada estes canais.

Muitas empresas sabem com quem estão falando. E agora você também pode saber.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Alvaro Beckerig, PMP Especialista em gerenciamento de projetos na área de TI. Certificado PMP, PMI-ACP, PSM, MCTS, Six Sigma Green Belt, COBIT, ITIL e ISO20000. Acredito no uso criativo da tecnologia para gerar inovação. LinkedIn: Alvaro Beckerig Twitter: @alvarobeckerig

Alvaro H. Beckerig, PMP

Comentários

5 Comments

  • Excelente o artigo. Hoje em dia, uma das principais preocupações que devemos ter é exatamente a forma de abordar ou como devemos tratar a pessoa com quem estamos tratando de negócios, ou até mesmo um amigo seu…
    Continue com os ótimos textos.

    Abs !

  • Matéria muito oportuna!!
    A internet ajuda a pesquisar preços e a fechar negócios. Acabamos por ganhar capacidades e características que não tínhamos antes dela.
    Cansei de fechar negócios com pessoas que jamais vi o rosto. Em algumas ocasiões, sequer escutei a voz. O único canal de comunicação era o e-mail e msn.
    Tomo algumas precauções antes de concretizar alguma coisa e até o presente momento não tive maiores problemas. Espero que continue assim.
    Pelo visto, você continua imbatível nos seus textos. Sempre que tiver alguma novidade, uma coluna nova, seja por aqui ou no seu blog, me avisa. É sempre bom poder ler os seus artigos.
    Gde bjo!

  • Rapportive é excepcional. Simples e eficiente te dá um perfil certo para os usuarios ou te mostra que el realmente esta fora da web.

    Ainda acho dificil a negociação via e-mail, MSN ou Skype mas as poucas que fechei sempre foram bem sucedidas.

    • Diego, e caminhamos cada vez mais para as negociações virtuais. Acredito nisso.

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes