TI Corporativa

Ξ Deixe um comentário

Tratando-se de novas soluções troque o sofisticado pelo simples

publicado por Luis Ricardo Teig Ramalho

Tratando-se de novas soluções troque o sofisticado pelo simplesInúmeras empresas constantemente investem na implementação de novas ferramentas para melhorar os seus processos de negócios e implementar controles em operações de TI de forma a garantir indicadores que facilitem o processo de tomada de decisão, de fato a automação entrega todos estes benefícios, mas não atua isoladamente, ela é dependente de pessoas, processos, fornecedores e melhoria continua a antes de tudo, a organização que pretende automatizar seus processos deve ter completo conhecimento de como eles funcionam e qual é a sua maturidade.

Sabemos que diversas empresas oferecem softwares e aplicativos que se implementados “garantem” que sua empresa esteja aderente às boas práticas, na verdade este é um completo engano, muitas empresas não estão preparadas para processos sofisticados e muito menos sabem otimizar o uso de uma ferramenta em prol das necessidades da empresa, por isso separei aqui algumas dicas:

Tenha claro qual é o beneficio da solução:

Toda solução de TI tem como propósito gerar valor para o negócio, seja aumentando a agilidade dos processos/operações, tenha claro qual é este valor, existem muitos projetos que não tem um business case claro, evite que isso aconteça, é interessante que saiba o que quer medir e controlar, afinal serão estes os indicadores que irão te auxiliar no processo de tomada de decisão, uma vez tendo definido quais são o desenho do processo e a solução automatizada deverão viabilizar a extração destes indicadores.

  • Estabeleça processos simples:
    Levando em consideração que sua empresa ainda não tem a maturidade opte por começar com o simples, faça o desenho de um novo processo já tendo o AS-IS em mãos, recolha a aprovação dos envolvidos e defina papéis e responsabilidades, para que a nova solução e processo não gerem choque de cultura.
  • Dissemine o objetivo do novo processo/solução:
    Comunicação é algo muito importante, e por mais que os envolvidos tenham feito parte da definição do novo processo garanta que eles disseminem para suas áreas funcionais e colaboradores sobre o objetivo da solução, nesta fase é muito importante gerar empatia e  principalmente esclarecer qual é o  propósito do projeto
  • Gerenciando o fornecedor da solução:
    É importante garantir que o fornecedor implemente o que foi desenhado, por isso etapas deteste e validação da solução com os envolvidos é preponderante para o êxito do projeto.
  • Treinamento
    Treine os envolvidos na solução, explore cenários e possibilidades, e garanta que o fornecedor entregue uma base de conhecimento referente a nova ferramenta.

Pessoal, parece complicado, mas não é, devemos apenas entender que novas soluções, novos projetos e novos processos da mesma forma que criam expectativas, também geram medo e desconforto e são estes os principais fatores que contribuem para o seu insucesso, por isso a simplificação com o respaldo de uma boa comunicação mitigam o risco relacionado a falha do projeto.

[Crédito da Imagem: Processos – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Autor

Profissional Especialista em Governança de TI, Risco e Compliance MBA Em Consultoria Empresarial - USP Pós Graduação em Governança de TI - Senac Bacharel em Gerenciamento de Sistemas (FATEC Ourinhos); Premiado pela Faculdade com o título: Prof.Dr Milton Damato Humanismo, Empreendedorismo e Tecnologia. Palestrante sobre os temas: "Governança de TI"," O Perfil do Profissional de Processos" Atualmente trabalhando como Coordenador de Governança de TI no Grupo Fleury Com inúmeras certificações com foco em Governança de TI e Processos, entre ela: Cobit 4.1, Cobit 5.0, BPM, ITIL Expert, Consultor ISO 20000

Luis Ricardo Teig Ramalho

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade



Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes