Segurança da Informação

Ξ Deixe um comentário

Saiba como se proteger do ransomware SAMAS, o vírus temido até pelo FBI

publicado por Rafael Abdo

Figura -  Saiba como se proteger do ransomware SAMAS, o vírus temido até pelo FBINovos tipos de vírus surgem a cada dia na internet. No entanto, um em especial vem tirando o sono de muita gente, até mesmo do FBI. O escritório de crimes virtuais do serviço de Inteligência dos Estados Unidos emitiu, no início de abril, uma nota sobre o ransomware SAMAS, um vírus capaz de criptografar e “sequestrar” arquivos de computadores ao redor do mundo. Além de afetar o dispositivo infectado, ele pode se espalhar por qualquer rede que o aparelho com o vírus se conectar.

O ataque não é notado até que o usuário tente acessar os dados (que podem ser documentos, vídeos, imagens), quando o malware informa que os arquivos foram codificados e só serão liberados mediante pagamento via moedas virtuais (bitcoins). Segundo um relatório da Kaspersky Lab, especialista em antivírus, o Brasil ocupa o incômodo 1º lugar dentre os países latino-americanos mais atacados pelo ransomware SAMAS. Confira então algumas dicas de como se proteger dessa ameaça:

Faça backup regularmente: Procure manter um calendário para fazer cópias de segurança de seus dados pelo menos uma vez por mês.

Tenha planos B e C: O ideal é possuir ao menos dois backups, um em nuvem e outro em um dispositivo físico como HD externo e pen drive. Manter mais de uma opção garante que você não terá problemas para recuperar os dados, caso uma das alternativas seja comprometido pelo vírus.

Cuidado com links: Não saia clicando em tudo o que chega. Os hackers mascaram os vírus em e-mails falsos, como promoções de lojas virtuais e comunicados de bancos. Tome cuidado também com mensagens de amigos e familiares que não fazem sentido, eles podem ter sido alvo de ataques virtuais.

Atenção ao nome dos arquivos: Vírus costumam ter extensões específicas (as três letras finais que vêm após o nome do documento). Fique atento a .EXE, .vbs e .SCR, que são as mais utilizadas pelos cibercriminosos. Para facilitar, habilite a opção de “mostrar a extensão de arquivos” em seu sistema operacional. Por exemplo, no Windows, vá em “Opções de Pastas” no “Painel de Controle” e desmarque a opção de ocultar a extensão em “Modo de Exibição”.

Software em dia: Atualize regularmente seu sistema operacional, navegador e outros programas. Os vírus tendem a explorar vulnerabilidades dos sistemas e as atualizações têm como um dos objetivos corrigir as brechas e falhas existentes, aumentando a segurança.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Autor

Rafael Abdo é gerente de segurança da informação da Locaweb

Rafael Abdo

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade


Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.