Gerência de Projetos

Ξ Deixe um comentário

LEGO SERIOUS PLAY, vamos resolver problemas com brincadeira séria

publicado por Leila Oliveira Duarte

Muitas pessoas tiveram o prazer em sua infância de brincar com o Lego, os famosos bloquinhos coloridos que ajudavam a desenvolver criatividade, habilidades cognitivas e motoras. Agora da infância para a organização.

Segundo a Think Market: “O método do LEGO SERIOUS PLAY surgiu por volta de 1996. À época, o presidente da LEGO Company, Kield Kirk Kristiansen, necessitava de um novo processo estratégico para a sua empresa pois estava perdendo muito mercado devido ao avanço de jogos eletrônicos. Então, dois professores Johan Roos e Bart Victor que estavam à procura de alternativas para os resultados convencionais de planejamento estratégico foram convidados a fazer parte de uma equipe formada por Robert Rasmussen da LEGO e outro professor, David Owens, para conduzir a criação do produto e da empresa “LEGO Serious Play”.

O método Lego Serious Play transforma o brinquedo em uma ferramenta para refletir sobre o cenário estratégico das empresas, mapeamento de processos, impacto entre as áreas.  Esse método casa muito bem com as ferramentas de qualidade, melhoria, inovação, além claro de ser um método que desbloqueia a criatividade que antes estava adormecida.

Com isso é possível ter um maior engajamento das pessoas, visto que elas se sentem parte do processo e ajudam na resolução dos problemas. Pensamento criativo? Design thinking? A ideia é que todos possam contribuir para a discussão, decisões e resultados. Isso transforma o conhecimento individual em conhecimento coletivo.

Assim a “Serious Play” se desenvolve dentro de vários cenários.

LEGO SERIOUS PLAY, vamos resolver problemas com brincadeira séria

FONTE: Mendes Coaching Criativo

Exemplos da aplicação da metodologia:

Relacionamento com cliente: É possível simular a experiência do cliente, partindo do ponto de vista dele para com a empresa.

Construção de mercado: Pode-se retirar diversas falhas de projeto antes de um produto virar realidade, isso até antes do protótipo.

Construção da cadeia de consumo: É possível identificar todo o processo de desenvolvimento.

Operação: Montar lay out industrial, ou de uma loja

Ou seja, é possível construir toda cadeia de processos com as peças do “brinquedo” para entender o funcionamento da dinâmica entre os setores, fornecedores, clientes. Melhorar a comunicação da empresa, tira do papel e materializar o cenário estratégico da organização, destravar o potencial criativo do funcionário e melhora o trabalho em equipe.

Ainda podemos dar uma pitada de tecnologia utilizando impressora 3D na construção de um protótipo, que surgir durante o processo criativo da equipe e já testar dentro do cenário proposto desenhado pela equipe.

Então da próxima vez que você passar pelo corredor e ver na sala uma mesa com várias peças de Lego e as pessoas envolta tentando montar trilhas, processos trata-se de uma brincadeira muito séria.  Poder participar dessa experiência é muito bom, ajuda a pensar fora da caixa.

Ficou curioso? Gostaria de experimentar essa sensação? Ou melhor, quem sabe podemos juntos participar dessa experiência e compartilhar conhecimentos?

Escrito por:

Leila de Oliveira Duarte

Administradora, MBA em Gerenciamento de Projetos, Especialista Lean Six Sigma, Auditora 5S Lean Office

Carla Mendes

Fundadora da Mendes Coaching Criativo, Facilitadora da Metodologia  LEGO® SERIOUS PLAY®  e Consultora (carla@coachingcriativo.com.br)

  •  
    5
    Shares
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Administradora, MBA em Gerenciamento de Projetos, Especialista Lean Six Sigma, Auditora 5S Lean Office

Leila Oliveira Duarte

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.