Tecnologia Social

Ξ 2 comentários

Humanização da Tecnologia da Informação

publicado por Milton Nunes de Oliveira

Tenho me deparado com profissionais, bons profissionais, saindo da área de tecnologia para assumir outros desafios, totalmente diferente de suas habilidades e experiência profissional. Como isso se tornou um fato curioso, aos que me oportunam sempre questiono o motivo que levou um profissional de nome, cargos invejados e até mesmo com uma certa idade, a largar tudo? A tônica tem sido a mesma, pressão exacerbada, o valor elevado de percentual de lucro exigido pelos acionistas e principalmente o despreparo de muitos executivos para lidar com pessoas. Muitos investem em RH’s e consultorias ineficientes, gastam em demasia com projetos que não visam à melhoria de qualidade de trabalho, sem falar no regime de apadrinhamento gerado; ou seja, aonde um vai, vai todos que os cercam minimizando oportunidades e gerando um cerco nocivo no relacionamento entre profissionais, mantendo o incompetente e o antissocial a frente da gestão, inadmissível. Deparamo-nos diariamente com noticias em programas variados mostrando as oportunidades em tecnologia da informação e a baixa adesão de profissionais de qualidade, ou seja, pessoas estão procurando trabalhar com tecnologia pelos salários altos e não pelo gosto a profissão. É uma tendência e a própria mídia está induzindo o jovem apenas pelo interesse financeiro.

Os profissionais mais jovens não estão querendo assumir posições que exigem carga horária pesada, pressões de entrega e muito menos atender celular nas suas folgas, coisas que o gestor fazia antigamente. Muitas vezes virava noites em implantações e incidentes, isso está acabando, as empresas terão de investir muito, para manter a disponibilidade de sua T.I..Terá que cada vez mais, depender menos do profissional de hoje ou tentar resgatar aquele velho profissional que está cansando, e está abandonando sua carreira por não aguentar mais.É preciso parar com as exigências absurdas, e começar a humanizar a T.I. não pode ser apenas no papel.Foi-se o tempo em que o profissional de T.I. era um bichinho enjaulado em uma sala fria, as vezes congelante, se alimentando mal e tendo uma sub vida social. É preciso haver respeito, consideração com aqueles Gestores que entregam metas, dão retorno a empresa,e dedicam suas vidas em manter a qualidade da tecnologia, cuidam de pessoas, do financeiro, do Rh, e são cobrados de forma agressiva.Quais profissionais atualmente realizam essas tarefas? Poucos.

Convido aqueles que não conhecem a vida de um gestor de T.I. a conhecer este mundo dinâmico e frenético onde o profissional acaba virando uma máquina de fazer lucro que em pouco tempo se torna obsoleta e desvalorizada.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Com mais de 10 anos de experiencia em gestão, atualmente responsável por um ambiente tecnológico de alta complexidade e que exige alta disponibilidade. Um profissional com grande facilidade na execução de gestão de relacionamento com clientes internos e externos e gestão de crise. Como destaque os pontos fortes, liderança, capacidade de mobilização e de entrega do grupo, sempre priorizando o profissional aliado com os objetivos da empresa.

Milton Nunes de Oliveira

Comentários

2 Comments

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.