Carreira

Ξ 11 comentários

Está desmotivado?

publicado por Alex Silva

Hoje sairei um pouco do tema de Segurança e falarei de algo que tem afligido alguns profissionais de TI, ou que já afligiu algum dia. Trata-se da má qualidade na gestão de pessoas em algumas empresas. Não estou com isso fomentando críticas específicas a alguém e sim retratando algo que certamente é no mínimo desagradável. Esta semana o jornal da globo exibiu uma série de reportagens sobre o conflito de gerações dentro das empresas e as novas tendências do mercado de trabalho. Uma matéria muito interessante. Quem puder assistir se encontra em: (www.globo.com/jornaldaglobo).

Outro dia estava conversando com um amigo que é Coordenador de TI e ele estava me relatando às razões pelas quais estava desmotivado, então pensei em escrever algo a respeito, só um lembrete, não sou um especialista em Recursos Humanos ou Psicologia, mas gostaria apenas de compartilhar uma situação que acredito ser a realidade de muita gente.

O que é motivação?  Pesquisando achei a seguinte definição:

A palavra motivação vem do Latim “motivus/movere”, relativo a movimento, coisa móvel. Vemos que a palavra motivação, dada à origem, significa movimento. Quem motiva uma pessoa, isto é, quem lhe causa motivação, provoca nela um novo ânimo, e ela começa a agir em busca de novos horizontes, de novas conquistas, isto de uma perspectiva profissional ou pessoal.

Pois bem, este meu amigo me relatou que assumiu várias funções, trabalha até mais tarde e não recebe por isso, quando solicita uma folga extra não é atendido, férias então é algo complicado e ainda por cima é constantemente cobrado, acho que já vi esse filme! . Então ouvi seu desabafo do quanto esta desmotivado, sem ânimo para continuar, disse a ele que também me sinto assim em algumas ocasiões e isso é muito ruim para empresa como um todo, então vi algo nas discussões do Portal sobre os profissionais estarem se demitindo dos “chefes” e não da empresa e achei muito interessante, pois demonstra claramente a realidade.

Segue então alguns passos que acredito que possam ajudar a vencer estas dificuldades:

1-       Preciso de um objetivo; sem um objetivo de vida não sabemos o que fazer e aonde chegaremos, somos uma espécie que “vegeta”, pois a vida se mostra presente quando traçamos uma meta, um alvo e então buscamos alcançá-la.

2-       Não posso permitir que os obstáculos me tirem do alvo; não posso permitir que um gerente que não valoriza meu trabalho interfira em minha jornada para alcançar um objetivo estabelecido, preciso lutar e persistir.

3-       Não perder o foco; devo entender que leva tempo para se chegar ao objetivo traçado e este tempo não pode me tirar do foco, preciso renová-lo a cada dia buscando motivação, ou literalmente “sonhando” com o dia que chegarei e cruzarei a linha de chegada, seja concluindo a faculdade, pós-graduação, uma certificação esperada ou a promoção tão sonhada.

4-       Alguém sempre vê; isto é fato, não é conversa, talvez hoje teu líder ou gestor não te valorize, mas se você permanecer firme, não perder o foco e persistir com bons serviços prestados, pode ter certeza sua hora vai chegar e alguém vai te reconhecer.

5-       Preciso confiar que posso chegar lá; conheci pessoas que ficaram pelo caminho por não acreditarem em si mesmas, e isto é terrível, precisamos nos valorizar e acreditar que podemos chegar lá, talvez demore um pouco, mas seu eu lutar terei mais chances do que se desistir.

Por fim, alguns se recordam da famosa frase “sou brasileiro e não desisto nunca”, acho que embora o objetivo fosse estratégia de marketing, precisamos incorporar esta verdade em nossas vidas diariamente e saber que sempre teremos obstáculos a superar, como disse não sou especialista no assunto, tentei apenas compartilhar algo que muitos de nós passamos todos os dias, então vamos renovar o ânimo e buscar novas motivações ou reanimar as que se perderam, pois sempre digo: “A vida premia os que lutam até o fim”.

O que relatei acima não é uma fórmula mágica, são apenas algumas maneiras de lidar com a situação, outros colunistas bem mais capacitados no assunto já postaram textos bem interessantes a este respeito aqui neste Portal, textos que indico a leitura. Então até uma próxima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Certificado Microsoft e com experiência de mais de 14 anos na área de TI como Consultor de Infraestrutura, atuando em Projetos que envolvem Tecnologia Microsoft (Windows Server NT, 2000, 2003, 2008 e 2012, Exchange e Hyper-v). Meu Perfil no Linkedin: Linkedin , Meu Perfil no Microsoft TechNet: Microsoft TechNet e Siga-me no Twitter @alexsilva2012

Alex Silva

Comentários

11 Comments

  • Alex,

    Este post retrata exatamente minha realidade atual.
    Atualmente sou coordenador e estou tentando voltar pra analista justamente para mudar uma situação.
    Mas realmente ter foco é muito importante, traçar uma meta e tentar atingí-la sem deixar alguém te desmotivar. Pois onde quer que vamos sempre tem gente do contra e que não te valoriza.
    Então é bola pra frente e continuar sendo brasileiro.

    • Olá, Denilson

      Seu comentário enriquece este artigo e o fortalece, muito obrigado.
      Realmente é bola pra frente sem deixar o desânimo tomar conta, e boa sorte, espero que sua situação se resolva.
      Mais uma vez muito obrigado !

      Abraços

  • Não é muito fácil administrar uma situação quando ela chega em um caráter crítico. Já coordenei equipes e manter a motivação é algo imprescíndivel para a realização de um bom projeto. Quando se motiva um funcionário, se ganha o respeito dele e um aliado. Devemos ter a mentalidade de fazer as pessoas nos seguirem pelo respeito e admiração e não por medo. Pequenos gestos ajudam como: uma dispensa, uma emenda de feriado. O medo é um sentimento que ao meu ver é uma faca de dois gumes ele pode desmotivar um funcionário e também motivá-lo negativamente contra a equipe. Então usemos o bom senso e a humanidade.
    abraço

    • Olá Andrei,
      Muito obrigado por seu comentário.
      Realmente pequenas atitudes podem gerar respeito e trabalhar com pessoas respeitosas é muito bom, enquanto que o contrário é extremamente prejudicial.
      Muito boa a sua colacação !

      Abraços

  • Parabens pelo post, muito bom, acho que muita gente estava precisando ler isto

    • Olá Sidney, Muito obrigado.
      Fico feliz por seu comentário.

      Abraços

  • Obrigado por compartilhar essas dicas. Devemos nos manter atentos a este assunto e avaliar a hora de buscar novos desafios quando o nosso esforço não tem sido reconhecido ou valorizado. []’s

    • Olá William,

      Eu é que agradeço por seu comentário.
      De fato devemos saber quando buscar novos desafios.

      Abraços,

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.