Carreira

Ξ 1 comentário

Como selecionar uma equipe de TI de sucesso

publicado por Luiz Eduardo Improta

Aprendemos que uma empresa é constituída de Pessoas, Tecnologia e Processos. Porém o fator determinante para o sucesso de uma empresa são as pessoas preparadas e motivadas. Posso afirmar sem medo de errar que sem elas, nada acontece, pois agregam valor ao negócio, são o verdadeiro patrimônio de uma empresa. Agora como podemos compor uma equipe que faça diferença na hora em que se precisa?

Bem para começar é bom deixar duas coisas bem claras: não existe equipe perfeita e que a equipe é o espelho de seu gestor. Entendendo estas duas premissas, fica mais fácil de entender o resto.  Outro detalhe: uma equipe de sucesso não é e nem nunca será perfeita.

Para formar uma equipe de TI, temos primeiro de saber onde estamos e onde queremos chegar. Assim fica mais fácil defini-la.

O perfil de cada profissional é importante, mas não devemos negligenciar a capacidade de trabalhar em equipe. Existem pessoas que são extremamente competentes, mas não conseguem se relacionar querendo sempre ser estrelas, não admitindo nada diferente disso. Neste caso, devemos ter muito cuidado, pois por melhor que seja o profissional será um ponto constante de problema, trazendo dor de cabeça a todos. Agora se precisar apenas de uma equipe de “um”, talvez ele seja a solução.

Em se tratando de TI, a experiência conta muito. Tem uma equipe de baixo custo, sem muita experiência. Isso pode ser um ponto de fraqueza na área, trazendo prejuízos a curto e médio prazos. Uma vez que provavelmente o tempo de resolução de problemas será alto. As conseqüências serão claras: primeiramente multas, depois  rescisão de contrato ou a não renovação contratual do mesmo. Como sempre defendo, deve-se haver equilíbrio em tudo. Alguém precisa passar experiência para os mais novos, até porque com a velocidade de resposta do mercado aumentando cada vez mais, se a empresa não acompanhar vai ficar para trás e pode culminar no fracasso do negócio.  A escolha dos profissionais não pode ser loteria. Há uma forte tendência de mercado, de aplicar testes de conhecimento para assim avaliar o nível de conhecimento do candidato. Salvo se o profissional já for conhecido e com a competência comprovada.

Depois de contratar, você pode ter uma equipe, mas ainda falta prepará-la para a “guerra”. Tive um amigo que era comandante de um navio que dizia a seguinte frase: “… eu vejo a competência profissional de um tripulante, quando age nas adversidades, pois neste momento é que se faz a diferença, uma vez que quando tudo está calmo, todos são iguais”. Mas na Marinha, um profissional só vai para bordo, quando tem capacidade de exercer sua função, até lá, ele é treinado até a estar no ponto.  Algumas empresas possuem um processo seletivo fraco, contratam as pessoas erradas, pois não possuem de forma clara o que desejam do profissional.

Depois de contratar e preparar, precisa de alguém para liderar, para gerir uma equipe. Então surge um novo desafio: o gestor. Se a escolha do gestor for meramente por afinidade, com certeza o trabalho relatado acima será jogado fora. Pois um mau gestor, pode por tudo a perder. A equipe, escolhida a dedo se dissolve rapidamente. E o pior que empresas, insistem em manter a fórmula  e com isso a rotatividade dos profissionais aumenta e a qualidade de entrega de serviços diminui. O gestor deve sempre que possível ser um líder e deve refletir a cara da equipe. Se a equipe é desunida e relaxada, fatalmente o gestor possui estas características. O gestor tem o dever de manter a equipe motivada e pronta a “guerra”.

Resumindo: não existe uma fórmula mágica para tudo isso, mas uma que pode ajudar muito é a seguinte:  experiência+conhecimento+relacionamento interpessoal = equipe vencedora.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Sou profissional com mais de 22 anos de experiência desenvolvida em empresas do setor "outsourcing" em TI e Segurança da Informação. Com 2 Pós graduações e 1 MBA na área de TI e diversas Certificações em Segurança e Tecnologia da Informação, dentre elas: COBIT 4.1, ITIL v2 e v3, ISO27002 e CCSA/CCSE. Meu link no "linkedIn": http://br.linkedin.com/in/limprota007

Luiz Eduardo Improta

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.