Cloud Computing

Ξ 2 comentários

Cloud computing para todos

publicado por Marcos Patrício

O termo “cloud computing” tem sido amplamente discutido através de estudos de mercado e tendências em tecnologia da informação. Para muitos, significa uma nova tecnologia ou até mesmo arquitetura para o consumo de serviços através da internet. Mas seu significado é muito mais abrangente, e não está restrito ao uso de tecnologia, software, hardware ou plataforma.

Ao falarmos de “cloud” não estamos discutindo sobre uma nova tecnologia ou arquitetura, mas uma nova forma de entrega da tecnologia da informação visando redução de custos, maior aproveitamento de recursos através do uso racional e por demanda.

Os pilares dessa nova forma de entrega são determinados pelo uso de estruturas já conhecidas:

  • SaaS – Forma de entrega de software como serviços com base no aluguel do software através de um provedor de serviços, da internet ou conexão dedicada. Proporciona custos racionalizados de licenciamento de software e suporte, podendo ser contratado por períodos de uso;
  • PaaS – Forma de entrega da plataforma de desenvolvimento de software através de padrões. Pode gerenciar todo o ciclo de desenvolvimento, garantindo os testes, homologação e entrada em produção do produto desenvolvido. Também pode suportar a operação com execução de rotinas administrativas e coordenar atualizações da plataforma;
  • IaaS – Forma de entrega da plataforma de hardware como servidores, armazenamento, networking e implementação de diversas outras tecnologias que possam proporcionar alta disponibilidade, escalabilidade e segurança.

O conjunto de estruturas que conceituam a nuvem computacional pode proporcionar oportunidades de revisão de processos gerenciais e de negócio para um grande número de empresas. Principalmente para aquelas que não possuem orçamento para o investimento em soluções com alto custo de manutenção – devido a profissionais especializados, novas plataformas ou infraestrutura adequadas.

O mercado médio pode ser um dos principais consumidores desse modelo, devido ao custo de software, à utilização de processos de administração da tecnologia da informação bem definidos e a modelos de negócios que podem ser implementados com baixo nível de adequação.

Para empresas que não possuem processos claros ou integração entre seus aplicativos a “cloud” deve tanto melhorar seus processos de negócios como possibilitar a melhoria do desempenho e análise, proporcionando maior visibilidade. Para elas, a adoção de soluções e processos de negócios tem grande impacto no desempenho e nos resultados.

Esse modelo de entrega deve tomar força com mais ofertas de soluções e integração simplificadas pelos grandes fornecedores do mercado de tecnologia da informação através da adaptação ou desenvolvimento de produtos, processos e ferramentas voltados para a “cloud computing”. Afinal, trata-se de um novo modelo de entrega que permite determinar o uso racional e por demanda de recursos de infraestrutura, plataforma de hardware, software e aplicativos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Marcos Patrício é formado em economia pela FAAP, possui experiência de 13 anos na área de tecnologia da informação atuando no endereçamento de soluções para infraestrutura de aplicações como servidores de aplicação, banco de dados, gestão de indentidade e no desenvolvimento de portais corporativos e integração no modelo SOA. Atualmente como Gerente de Soluções em Serviços Gerenciados na Unione Outsourcing, com foco na identificação das necessidades do cliente, desenvolvimento de relacionamento e negociação com clientes, liderança em projetos em ferramentas como de middleware e banco de dados. Trabalhou em empresas como TOTVS e Baan Company no desenvolvimento de aplicativos e liderança de projetos de implementação, migração e em todo ciclo de desenvolvimento nos módulos de distribuição, financeiro e logístico.

Marcos Patrício

Comentários

2 Comments

  • Marcos, um complemento ao pilar SaaS: a evolução do software com a incorporação constante de novos recursos, funcionalidades e otimizações de todos os tipos, é o grande diferencial desta modalidade de serviço na nuvem. Aqui, as empresas devem, não como via de regra, ater-se somente nas customizações específicas e diferenciadas, que os gestores de TI, em conjunto com as áreas de negócio, devem buscar minimizá-las e não ampliá-las para mostrarem a importância dos seus cargos.
    abs,
    @grillojotae

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.