Carreira

Ξ 11 comentários

“Blog é coisa de nerd”. Será?

publicado por Augusto Vespermann

Muitas pessoas vêm um blogueiro como um nerd, sem namorada, que só se relaciona com outros indivíduos do mesmo clã pelas diversas formas digitais que possibilitam essa ação. Isso sem ter que se distanciar de seu poderoso QG onde se encontram todas as suas panafernalhas tecnológicas como games, revistinhas em quadrinhos e coleções de animes. Se você visualizou esse cenário dantesco provavelmente é da Geração X ou anteriores. Este estereótipo está cada vez mais distante da realidade.

Será que o Bill Gates precisa de um blog? Muitas pessoas dirão que não, mas ele acha que sim. Ele mantém o blog The Gates Notes onde fala sobre suas viagens, seus pensamentos e suas opiniões. Alguém pode falar: “Mas ele é um Nerd!”. Sim, fato, mas o nerd mais rico do mundo.

Vamos para outro exemplo, um pouco mais próximo, mas mantendo a linha dos mais ricos do mundo. Alguém sabia que o Eike Batista tem um blog? Seria ele um nerd assim como Bill Gates? Se deixarmos um pouco de lado os conceitos formados pelas gerações anteriores à explosão da internet no mundo, perceberemos que o blog pode ser uma ferramenta muito útil para quem faz algo e gostaria que os outros soubessem disto.

Imaginemos a situação de um profissional em Gerência de Projetos com certificação PMP. Imaginaram? Quantos desses você conhece? Um punhado, certo? Agora você saberia me dizer sobre um gerente de projetos com experiência em implantação de ERP TOTVs na área hospitalar? Ou algum especialista em implantação de SAP na área de controladoria? Alguns responderão que conhecem, mas a maioria não saberá responder.

Vamos supor que eu, Augusto Vespermann, seja “o” especialista em SAP para controladorias. Isso é muito bom, certo? Meus colegas me indicarão em várias oportunidades profissionais. Se tiver mais tempo de mercado, provavelmente meu currículo já terá rodado por algumas das maiores empresas do segmento no país e quiçá no exterior. Pois bem, minhas oportunidades param por aí. Se uma empresa estiver em busca do melhor profissional do mercado e não perguntar para alguém do meu network, não me encontrará. Ou seja, eu e a empresa perderemos uma grande oportunidade de negócios.

Aí eu pergunto, de que adianta eu ser um super profissional se meus potenciais clientes e empregadores não sabem disso. É nessa hora que eu saco a carta da manga e digo: “Faça um blog profissional”. Por meio do blog conseguimos aumentar nosso network e expor nosso conhecimento. Nele podemos falar da nossa área de interesse e nossas opiniões sobre esses assuntos. Tudo bem que boa parte das pessoas que lerem seus artigos sobre determinado assunto nunca se lembrarão de você, outra pequena parte vai saber que você existe, mas não se lembra de onde e a minoria se lembrará de você e acompanhará sua carreira e seu crescimento profissional.

Quem dessas pessoas pode te trazer algum tipo de retorno profissional? Todas. Quem estiver no seu blog estará em busca sobre informações que ali estão. Estas pessoas por algum motivo estão interessadas neste assunto e talvez tenham oportunidades na sua área de atuação. Não estou dizendo que você será chamado para um super emprego ou começará a trabalhar muito mais. Pode ser até que nunca consiga um mísero contato profissional, mas as chances de você prosperar com a ajuda da internet são bem maiores do que sem.

A idéia aqui é maximizar as suas oportunidades elevando a abrangência de exposição do seu conhecimento ao mercado. Quanto mais pessoas souberem o que você faz ou buscarem por pessoas que fazem o que você faz, te deixará na eminência de fazer um negócio. A internet no Brasil já tem mais de 54 milhões de usuários no mês de fevereiro de 2011. No mundo são mais de 2 bilhões de pessoas. Quantas oportunidades podem ser geradas com este número crescente de internautas?

Responda rápido: Seu concorrente tem um blog?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Augusto Vespermann é fundador do Portal TI Especialistas, além de fundador e moderador de uma das maiores comunidades de tecnologia do LinkedIn, o TI Especialistas Brasil, com aproximadamente 85.000 membros. Tem experiência de 16 anos na análise desenvolvimento de sistemas web em várias linguagens de programação. Aficcionado por tecnologia e sempre atento às novidades do mercado. Twitter: @augustosvm LinkedIn: Augusto Vespermann

Augusto Vespermann

Comentários

11 Comments

  • Parabéns!
    Muito coerente seu ponto de vista!
    E posso atestar que essa é a fundamentação da iniciativa TI Especialistas, onde é visível o crescimento espantoso do nível de alcance que tenho após ter sido convidado a escrever no Blog.

  • Obrigado pelo comentário Rogério. O objetivo do TI Especialistas é justamente este, divulgar o que sabemos para prospectar negócios onde talvez não fosse “possível” antes.
    Espero que colha bons frutos pela participação. Seus textos são muito bons.
    Um grande abraço

  • Estou na blogosfera há quase 4 anos, há quase 3 desmembrei assuntos de TI do primeiro blog face o volume de informações, e tem tido um ótimo crescimento, ficando classificado entre os 100 melhores de tecnologia do Brasil nos anos de 2009 e 2010. O blog ainda é amador mas estarei profissionalizando-o ainda neste primeiro trimestre, se Deus permitir. Quanto à pergunta-título? Respondo: não, pelo menos eu não sou nerd…rs

  • Que bom Luis. É motivante ver pessoas terem sucesso em algo que estamos investindo. É a materialização de tudo o que pensamos.

    Parabéns pelo blog e pelo sucesso.

    Um grande abraço

  • Parabéns,
    Muito bom este artigo.

    De fato é vísivel o crescimento da internet, basta observarmos que uma revolução em busca de democracia num país da África, teve em ferramentas como o twitter por exemplo, uma arma de divulgação, precisamos explorar melhor esta ferramenta tão útil.

    Abraços,

    • Pois é Alex. A tecnologia atual nos dá a faca e o queijo. Basta utilizarmos de forma adequada para colhermos os frutos.

      Obrigado pelo comentário e por fazer parte desse projeto.

      Um grande abraço

  • Augusto,
    ótimo artigo. Quando resolvi escrever um blog, o principal motivo era pessoal, expor opiniões. Com o TI especialistas percebi a oportunidade de interagir com a comunidade TI. Coisa que nunca havia feito e que tem o potencial sim de despontar alguma oportunidade de trabalho, mesmo, não sendo esse o meu principal objetivo. Em uma palestra na faculdade, um palestrante da locaweb fez uma pergunta aos presentes: quantos de vocês possuem blog, twitter e linkedin? estão perdendo tempo, pois, vocês precisam ser vistos. A partir daí , comecei a participar desse mundo virtual e fui visto por muitos colegas de trabalho como “louco” . Um pouco de preconceito sem dúvida.

    Abraços,
    Alexandre.

    • Inclusive Alexandre meus parabens por todo o trabalho que vem desenvolvendo aqui no portal. Abordando temas críticos em nossa área de forma inteligente e comprometida.
      A audiência de seus artigos é muito boa o que vem ao encontro do que digo no artigo. As possibilidades aumentam a cada dia, não só de trabalho, mas também de participação e direcionamento relativos a temas críticos na área de tecnologia.

      Um grande abraço

  • Olá Augusto!

    Parabéns pela escritura, muito coerente e sensato o seu raciocínio.

    Um grande abraço, saúde e prosperidade prá vc!

    • E vamos plantando sementes. Se continuar assim tenho certeza que teremos uma floresta de possibilidades.

      Abraços Roberto

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.