Carreira

Ξ 1 comentário

Blackberry Z10 – A volta por cima

publicado por Fabio Bianco

Blackberry Z10A princípio, a impressão que a grande parte dos fiéis usuários de blackberry tinham era de que, a empresa que um dia foi um dos maiores fabricantes de dispositivos móveis estava com os dias contados.

Felizmente hoje a situação está bem diferente disso. Apesar de ter ficado aproximadamente dois anos sem lançar nenhum produto novo, o uso deste dispositivo no ambiente corporativo ainda era em torno de 35%, mesmo brigando com correntes de peso como dispositivos baseados em IOS e Android.

Em 2010, a empresa resolveu investir na criação de um novo sistema operacional. Para isso, adquiriu a empresa QNX Software Systems, que fazia sistemas operacionais voltados para ambientes de missão crítica, como aerovanes, sistemas de controle de tráfego, dispositivos eletrônicos usados em hospitais, ou seja sistemas que, além de ter a capacidade de executar diversos processos ao mesmo, não podem correr o risco de travar. O primeiro resultado desta aquisição foi o lançamento do tablet da RIM, o Playbook, já com o sistema operacional baseado em QNX. Mesmo assim isso não foi o suficiente para que e RIM voltassse a se destacar no mercado.
Em março de 2013, a RIM finalmente lançou um novo aparelho que veio para brigar diretamente com os principais modelos das empresas concorrentes, como o Iphone 5 da Apple, Samsung SIII e o Motorola Razor HD.

O Blackberry Z10 veio para mudar a maneira de como o blackberry era visto pelo usuário. Ao invés de um aparelho, tecnicamente limitado, sem a possibilidade de instalar muitos aplicativos, e que obrigava o usuário a ter outro aparelho para que pudesse ter acesso as principais vantagens de um smartphone, o Z10 é a aposta da RIM para que os dois mundos, tanto o pessoal quanto o corporativo, possam conviver em harmonia usando apenas um aparelho, sem deixar de lado a segurança das informações.

Apesar da loja de aplicativos já possuir um grande número de aplicações criadas para o Z10, por ser baseado em QNX, o novo Z10, é 100% compatível com as aplicações Android.

Juntamente com o novo aparelho, foi lançada a nova plataforma de gerenciamento, o Blackberry Enterprise Server 10. Esta plataforma vai permitir gerenciar, tantos os modelos novos de blackberry, como os antigos, além de ter uma solução de MDM, batizada pela RIM de UDS (Universal Device Service), que vai possibilitar o controle de dispositivos non-blackberry (Android e IOS).

Uma câmera de 8 mega pixels, com foco automático, filmagem em FullHD (1080i), NFC, saída micro HDMI e a capacidade de gerenciar um SD card de até 64GB, são algumas das funções do aparelho que promete ajudar a RIM a voltar a ter uma posição de destaque no mercado.

Até o fim do ano já estão previstos mais dois lançamentos, já baseados no novo sistema operacional, o Q10, que além do display touch screen, vai trazer também, o teclado QWERT, e o Q5 que deve ser lançado em quatro opções de cores (branco, preto, vermelho e rosa), e que promete atender a demanda dos mercados emergentes, já que o preço de lançamento o Z10, no mercado americano é de aproximadamente US$ 700,00.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Profissional da área de TI há 12 anos, atualmente atuando como especialista em infraestrutura na Crivo Transunion Formado em Tecnologia em Processamento de Dados, e Gestão de TI. Responsável pela área de mobilidade, em relação às plataformas de gerenciamento e homologação de aplicações para uso em dispositivos móveis, monitoramento de infraestrutura e gestão de servidores Windows/Linux

Fabio Bianco

Comentários

1 Comment

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.