Tecnologia

Ξ 15 comentários

TI verde: entender para aplicar

publicado por Cleyton dos Santos Sousa

Em 2010, estava em um evento de CIO na Bahia, onde reuniu-se CIOs de empresas brasileiras. Estava no auditório de uma palestra sobre sustentabilidade que estavam participando a conceituada Miriam Leitão e seu marido Sérgio Abranches , cientista político dedicado as causas ambientais. A mediadora da palestra, antes de começar a questionar quem fazia parte do painel, perguntou à plateia:

– Quem aplica a sustentabilidade em TI em sua corporação?

Um participante respondeu:

Antes de aplicar a sustentabilidade, eu tenho que estar sustentável no meu cargo na empresa, além do mais, tudo em sustentabilidade é mais caro.

Aquele comentário me deixou perplexo e perplexidade aumentou quando essa teoria abordada por ele foi compartilhada pela maioria dos CIOs presentes, alguns bateram palma para o comentário.

O que podemos entender com isso, seria má vontade:

– Com tanta coisa para me preocupar, irei me preocupar com meio ambiente?

Seria falta de priorização da sustentabilidade:

Terei que trabalhar mais tempo para conseguir fazê-la?

Seria a falta de entendimento do que realmente seria sustentabilidade:

Como consigo aplicar sustentabilidade em TI?

Quem tem má vontade será um CIO com desvantagem no mercado já que as empresas devem ter um diferencial no mercado, com isso as áreas devem ser verdes e seus lideres devem pensar e agir verde. Um exemplo, em um processo de Rfp, além dos tradicionais itens de definição de escolha do fornecedor:

O novo item, sustentabilidade, onde a empresa analisará se internamente possui hábitos sustentáveis, possue certificações ambientais,  tem produtos ecologicamente corretos e tem engenharia de reciclagem dos seus produtos ou matéria-prima.

Algumas atitudes sustentáveis consomem pouco tempo e podem ser realizadas a baixos custos:

  • Configurações do computador
  • Processos automatizados eletronicamente
  • Evitar impressão

Outras tarefas, serão projetos, que serão implantados a curto e médio prazo e terão retorno financeiro, tais como:

  • Virtualização de servidores
  • Cloud computing
  • Upgrade de hardware
  • Redirecionamento de máquinas que foram trocadas por conta de upgrades ou novas maquinas
  • Softwares verdes
  • Otimização de bancos de dados e códigos antigos

Evidentemente que cada item mencionado acima, pode ser discorrido em um artigo. Nem tudo é fácil, por exemplo, o cloud computing hoje é questionado devido ao fator segurança, eu também questiono, mas acredito que será impossível evitá-lo. Se existem receios sobre segurança, coloque aplicações com baixa criticidade, que em alguns meses consegue o ROI.

Com intuito de entendermos melhor a sustentabilidade, vamos destacar que ela surgiu a partir uma manifestação da ONU, em 1985. Somente em 2005, surgiu TI verde. E pensar que em 1990, uma empresa ( Transmeta), criou um processador mais ecológico mas não conseguiu a atenção do mercado com seu produto inovador. Já hoje seria um produto com diferencial.
Podemos entender a sustentabilidade como preservação do meio ambiente. Costumo dizer que preservar o mundo atual, para entregarmos no futuro um mundo no qual já tivemos no passado.
TI verde é a ciência da Sustentabilidade, ou seja, a sustentabilidade aplicada à tecnologia da informação.
A aplicação de TI verde, no primeiro momento não envolve apenas custos, como a grande maioria dos CIOs pensam, envolve :

  • Atitude
  • Propagação de conhecimento
  • Monitoramento
  • Reeducação ambiental dos colaboradores
  • Reeducação de ações do cotidiano
  • Reciclagem ecologicamente correta
  • Fornecedores ecologicamente corretos

Relato ainda que o CIO terá um papel estratégico na corporação, pois através de suas ações, deixara a área de TI verde estruturada para replicar seu case a toda corporação, almejando a transformação de CIO (Chief Information Officer) para CIOB (Chief Information Officer Bussiness).

Uma grande preocupação no momento da implantação do programa seria ter o apoio do sponsors (patrocinadores). Provavelmente depois de mostrarmos a ideia ouviriamos a seguinte frase:

– Como não implantamos isso antes?

Quais os principais fatores para o convencimento do sponsor:

  • Preservação do meio ambiente
  • Colaboradores satisfeitos com a preocupação da corporação e trabalhando mais motivados
  • Redução de custos
  • Redução de impressão
  • Redução do consumo de energia
  • Diminuir tempo do processo e organizar processos e documentos
  • Aplicação de novas tecnologias
  • Redundâncias
  • Diferencial competitivo no mercado

Atualmente devemos entender que TI verde tem que ser analisada como uma obrigatoriedade, entender que não temos mais tempo para iniciar, tem que ser agora, a TI atual é TI amarela, caminhando para TI vermelha.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

CIO, autor, colunista, professor. Contato: cleyton_sousa@yahoo.com.br e twitter: @cleyton_keu

Cleyton dos Santos Sousa

Comentários

15 Comments

  • Para todos que conhecem este tipo de assunto,
    Estas informações são extremamente relevantes,
    Graças a idéias como as citadas pelo cio acima
    A minha empresa conseguiu e muito melhorar o gerenciamento e a
    Qualidade do serviço prestado.
    Uma das questões referentes a organização deve ser muito bem analisada.
    Infelizmente não é todo dia que temos um profissional desse ao nosso lado.

    • Obrigado pelo comentários e parabéns pela sua visão e a atitude da sua empresa.

      Att

      Cleyton dos Santos Sousa

  • Excelente artigo.
    A sustentabilidade é um caminho sem volta. Todos sabemos a muito tempo que os recursos naturais são limitados e se não nos preocuparmos com a correta utilização deles não haverá mais caminho para crescimento e lucratividade.

    • Obrigado pelo comentário.

      Concordo com suas palavras, e não devemos bloquear esse caminho do crescimento, esse caminho do crescimento ira acontecer apenas se for conscientizado e verde.

      Att

      Cleyton do Santos Sousa

  • Muito bom o artigo!
    É muito importante que os CIOs comecem a dar a devida importância para a questão da sustentabilidade, além de ser um diferencial para a empresa que utiliza a chamada TI Verde, é um diferencial para o profissional que implementa a sustentabilidade com sucesso.

    • Obrigado Mateus pelo acesso a minha coluna e do seu comentário.

      Concordo com suas palavras, o CIO necessita dessa visão sustentável.

      Att

      Cleyton dos Santos Sousa

  • Bom compilação Cleyton!
    Até para um ecochato como eu, entender sobre a TI ficou bem mais agradável.
    Só faço uma ressalva quanto ao último parágrafo, onde você diz
    que “TI verde tem que ser analisada como uma obrigatoriedade”.
    Esta palavrinha (obrigatoriedade) é perigosa, pois vivemos numa democracia. Aí ja viu, né?
    Fico feliz por você estar nesta etapa de sua vida.
    Um abração e fique com Deus!

    • Obrigado Moisés pelo comentário.

      Concordo que vivemos em uma democracia, mas assim como é uma obrigatoriedade em uma corporação o lucro, a sustentabilidade devera ser também, se não além de refletir diretamente ao meio ambiente, despenca com a rentabilidade da corporação, hoje é fato, clientes estão cada vez mais aderiram o fornecedor verde.

      Abraço

      Cleyton dos Santos Sousa

  • Aqueles que pensam que, “…antes de aplicar a sustentabilidade, eu tenho que estar sustentável no meu cargo na empresa, além do mais, tudo em sustentabilidade é mais caro …” são muito ignorantes, pois não entendem nem a questão mais básica, que é a nossa própria pele como espécie humana que está em jogo. Como pode um ser humano tão ignorante, sem visão sistêmica alguma, egoísta e fora da realidade ser “CIO” de uma empresa??

    • Obrigado pelo acesso e concordo com suas palavras.

      Obviamente esse tipo de profissional esta com dias contato, ou fazem parte daquelas empresas que dizem que são verdes mais na pratica não são.

      Att

      Cleyton dos Santos Sousa

  • Só pra complementar.
    Uma sugestão é, antes de fazer um evento desse tipo, informar mais, trabalhar questões educativas mais básicas com esse povo “primitivo” e “selvagem” . Quem tece um comentário desse tipo (pois uma manifestação dessas, como foi citada acima, revela um desconhecimento TOTAL do assunto) revela uma profunda carência de aprimorar seu censo social, coletivo e espiritual. Levando em conta que as pessoas ainda estão muito atrasadas em termos do que é realmente ecologia – o termo sustentabilidade, no meu modo de pensar, não deveria ser utilizado, é um conceito vazio em si mesmo, o termo ecologia é que deve ser trabalhado – creio que o melhor seria fazer um evento preparatório antes, informativo e educativo. Tipo assim: ó, vc está sendo extinto, exterminado como espécie…estamos nos suicidando a troco de nada…

  • Caro Clyeiton parabéns pela iniciativa. Fico bastante triste de saber que ainda existem CIOs com pensamento do século passado.

    Algumas palavras mais:

    TI verde e Sustentabilidade são temas atuais e de repercussão internacional. Esses assuntos têm se caracterizado também pelo prestígio alcançado em todos os setores da sociedade, a princípio como uma obrigação, tornando-se uma necessidade e, por fim, uma mudança de hábitos reelaborando o intelecto e fazendo parte de um novo Homem, um novo caminho.

    O objetivo da TI Verde é ajudar a fomentar esse caminho para da TI sobre os pilares da sustentabilidade e conceitos “verdes” e fazer com que a tecnologia e o meio ambiente coexistam, de maneira consciente e inteligente.

    O conceito de Sustentabilidade aifrma:
    Sustentabilidade é uma forma de pensamento sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana. É preservar a biodiversidade e os ecossistemas naturais, planejando e agindo de forma a atingir eficiência na manutenção indefinida desses ideais.

    Um projeto sustentável precisa ser:
    – Ecologicamente correto;
    – Economicamente viável;
    – Socialmente justo; e
    – Culturalmente aceito.

    No Brasil, seguindo um comprtamento mundial, existe desde 2005 o I.S.E.- Índice de Sustentabilidade Empresarial, criado pela Bovespa e de iniciativa pioneira na América Latina. Este índice é uma maneira de verificar quão determinada a empresa está em aplicar os conceitos de sustentabilidade, tornando-a assim conhecida por utilizar métodos sustentáveis e ecologicamente corretos.

    • Boa tarde Rogério, obrigado pelas palavras

      Esse índice ja utilizei ele para selecionar fornecedor, entretanto necessita que seja mais propagado para o conhecimento e utilização e precisa aumentar as empresas que estao sendo avaliadas com esse índice, mas a iniciativa pe parecida com guia verde eletrônico, que existe homologa empresas do mundo todo.

      Att

      Cleyton

  • Muito bom! Realmente isso é uma realidade que traz muitos benefícios à empresa e ao comportamento do profissional.

    Aproveito para deixar meu post sobre Impressão Sustentável: http://wp.me/p21mHK-53

    Abraço.

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.