Carreira

Ξ Deixe um comentário

Softwares de segurança de dados: descubra as diferenças entre EDR e antivírus gerenciado

publicado por Luís Montanari

Entenda qual solução oferece mais vantagens para o seu trabalho

Inegavelmente, quando falamos sobre softwares de segurança de dados, um dos primeiros termos que relacionamos é o Endpoint Detection and Response. Afinal, este conjunto de ferramentas ajuda a identificar e remover qualquer ameaça que possa comprometer a rede.

Mas, muitos MSPs ainda ficam em dúvidas sobre as principais diferenças entre o EDR e os antivírus gerenciados.

Por isso, ao longo deste texto, quero explicar o que distingue as duas soluções e mostrar qual delas pode ser mais vantajosa para o seu serviço.

Quer saber mais? Então, continue a leitura e encontre a ferramenta ideal para você!

O que é o antivírus gerenciado?

Primeiramente, quero esclarecer como esta solução funciona.

O software antivírus é projetado para proteger os computadores contra vírus. Quando instalada, esta ferramenta é gerenciada, atualizada e monitorada através de um provedor de TI.

Desse modo, em vez de executar o antivírus de forma independente, é necessário programar um agendamento para sua utilização.

Como você sabe, os ataques cibernéticos são constantes e tendem a crescer cada vez mais. Portanto, este tipo de proteção pode ajudar a garantir que a sua equipe esteja sempre atualizada sobre os perigos mais recentes e suas possíveis soluções. Pois, o antivírus gerenciado depende do rastreamento de assinaturas de ameaças conhecidas, que devem ser atualizadas regularmente no terminal.

Além disso, com esta opção, as atividades de atualização e verificação são retiradas das mãos dos clientes e reduzem os riscos de erros humanos.

Do mesmo modo, a solução ajuda a garantir que, quando algum risco for identificado, a fonte seja colocada em quarentena de forma imediata. Assim, é possível diminuir a chance do vírus causar grandes danos em seu trabalho.

Como funciona o EDR?

Depois de falar sobre o antivírus gerenciado, quero destacar a função do EDR.

Para começar, trata-se de um conjunto de ferramentas que ajuda a identificar e examinar atividades suspeitas em todos os seus terminais. Dessa maneira, a equipe de TI consegue reunir dados sobre o comportamento da rede para análises mais completas.

Aliás, se o EDR detectar algum comportamento estranho, pode enviar alertas automáticos para te ajudar a investigar e tomar outras medidas para evitar grandes problemas.

Ou seja, a plataforma combina visibilidade ampla do dispositivo, com recursos de análises de dados que possam permitir ameaças. Assim, a rede fica mais segura através de processos automatizados ou com intervenção humana.

As diferenças entre as soluções

Sem dúvida, mesmo com algumas semelhanças, os dois softwares de segurança de dados apresentam diferenças importantes. E, de fato, é fundamental que os MSPs entendam como essas distinções podem revelar qual a solução mais adequada para as necessidades de seus clientes.

Portanto, confira a seguir, o que diferencia estes dois softwares!

Assinaturas

Primeiramente, entre as principais diferenças entre o antivírus gerenciado e o EDR estão as assinaturas.

Enquanto a primeira opção utiliza este modelo de trabalho, o EDR dispensa as assinaturas tradicionais e coleta dados sobre várias ações para identificar e corrigir ameaças.

Portanto, diferente do antivírus, o Endpoint Detection and Response, utiliza aprendizado de máquina e inteligência artificial para rastrear os perigos e até mesmo reverter os dispositivos ao estado anterior ao ataque, com velocidade e precisão.

Proteção

De fato, a grande maioria dos antivírus se concentram na defesa contra ameaças externas em potencial.

No entanto, os riscos modernos estão cada vez mais avançados e utilizam movimentos laterais para entrarem na rede.

Desse modo, o problema pode escapar de soluções mais tradicionais e oferecer sérios danos. Mas, por ter um impacto mais amplo, o EDR consegue evitar este perigo.

Da mesma forma, a proteção de endpoint também é capaz de proteger contra ataques internos. Pois, quando alguma ação suspeita é identificada, sua origem é bloqueada e sua infiltração na rede é impedida.

Aliás, com a ajuda de inteligência artificial, a solução consegue oferecer resposta rápida antes que o problema se espalhe.

O EDR pode substituir o antivírus?

Certamente, após ler as informações que ressaltei ao longo do texto, você deve estar se perguntando se o EDR consegue substituir outros softwares de segurança de dados.

Portanto, a resposta é sim. Pois, a solução moderna é menos vulnerável e garante uma segurança mais reforçada para a sua rotina de trabalho.

Além disso, as ferramentas de endpoint podem te ajudar a desenvolver ofertas mais abrangentes para seus clientes. Pois, atuam de forma autônoma e eliminam a necessidade de enviar dados para nuvem ou esperar uma resposta.

Ou seja, isso significa que as chances de evitar danos são maiores e este fato pode deixar seus clientes ainda mais satisfeitos.

Como você viu, as ferramentas de EDR são muito vantajosas e podem tornar o seu trabalho mais seguro.

Se você precisa de ajuda para encontrar a opção ideal para a sua necessidade, converse com a nossa equipe.

Nossos especialistas podem te ajudar a descobrir qual solução funciona melhor para sua demanda!

Fale conosco agora mesmo e saiba mais!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Especialista em Marketing e Vendas para Empresas de TI e MSPs. Sou pai da Helenna e da Cecília, Comunicólogo, Marketeiro e Vendedor. Além de um profundo apaixonado por tecnologias e boas cervejas. Tenho mais de 10 anos de experiencia em vendas e gestão de pessoas, sendo os últimos 8 dedicados ao mercado de Tecnologia e Serviços de TI. Ao longo dos últimos anos, me especializei no mercado MSP e ajudei dezenas de empresas à redesenharem processos, seus serviços e suas ofertas. Atuo como líder dos times de Marketing, Eventos, Pré-vendas e Vendas da ADDEE, trabalhando para transformar Empresas de Suporte em verdadeiros MSPs! #SaaS #InsideSales #Inbound #Sales #Vendas #Marketing #RMM #Backup #Gestão #SPIN #BANT #B2B #MSPsummit #souMSP #TransformacaoDigital #VendasdeTI #ADDEE

Luís Montanari

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.