Carreira

Ξ Deixe um comentário

Profissional de TI, Profissional Multitarefa ou Profissional Super-Homem?

publicado por Gerson Raymond

Profissional de TI, Profissional Multitarefa ou Profissional Super-Homem?As mudanças no cenário de TI estão cada vez mais complexas devido ao grande volume de dados que estamos envolvidos, constituindo desta forma o famoso nome caracterizado, como BIG DATA. No entanto é bastante claro que vários gestores e administradores envolvidos com as renomadas normas de ITIL, COBIT e ISO,s tem acelerado a sua equipe de trabalho, atrás de um resultado rápido aliado a uma grande qualidade de serviço. O consciente e sacrificado Profissional de TI, de uma forma geral classifica certas exigências, como o verdadeiro “pastelzinho” que precisa estar disponível custe o que custar e com diversos sabores. Aos poucos várias tarefas são solicitadas ao mesmo tempo em razão de um sistema que necessita de uma resposta concreta e imediata baseada nos fluxos de negócios e ativos envolvidos.

Parece altamente evidente que alguns gestores estão mais preocupados com a sua garantia de continuidade na empresa “sobrevivência individual”, do que propriamente com o trabalho em equipe, sendo assim afloram uma certa “covardia”, por não tomarem decisões firmes que poderiam, de certa forma provocar grandes motivações e incentivos profissionais para com a equipe envolvida.

Será que as várias informações e certificações existentes provocaram um “choque, colapso” estagnando os processos que deveriam realmente serem colocados em prática ou simplesmente estamos “brincando” de tecnologia em um histórico que exige cautela, atitudes e real compromisso em fazer direito e com qualidade independente do desafio envolvido.

E muitos vão adaptando a este novo cenário “tudo para ontem” se transformando em verdadeiros Profissionais Multitarefa, alias a coisa é tão crítica que a condição multitarefa está recheada de estudos e pesquisas envolvendo o homem e suas condições de trabalho, quase sempre impostas, sem recursos e precárias, como um “revólver na cabeça”, onde o profissional necessita desdobrar e procurar meios, de qualquer forma, afim de satisfazer os anseios de uma estrutura organizacional gerenciada por meia duzia, que logo após suas reuniões e cafezinhos pulverizadas pelo ar condicionado de vários BTU’s estarão novamente traçando planos estratégicos e confrontando gráficos para buscarem novas soluções inovadoras e que segundos os mesmos “quase sempre sem experiências práticas do modelo de negócio” dizem que funcionam ou ouviram alguém dizer que funciona.

Novamente a equipe delegada e constantemente envolvida precisará colocar em prática os novos projetos, que muitas das vezes não serão supridas pelos recursos financeiros ideais e condições de trabalho adequadas ao novo horizonte que terão que traçar mediantes os olhos atentos dos gestores e administradores de plantão, que tem a incumbência de buscar grandes resultados mediante projetos com cada vez menos investimentos, afim de garantir a meta de lucros ou status de uma administração hipermoderna.

É claro e evidente que não poderemos ficar estagnados ao desenvolvimento e soluções que se propagam, de forma veloz e com tendências promissoras e eficazes, como o conceito de Cloud Computing que caracteriza verdadeiros sucessos de infraestruturas, através de elasticidade e escalabilidade, no entanto é de suma importância que nossos gestores sejam como “uma família” amparando o conhecimento técnico com qualidade proporcionada por cursos e treinamentos e um ambiente saudável, onde o profissional é altamente valorizado, pelo seu desempenho e salário compatível gerando satisfação de ir mais além, não como um Super-Homem que deve varrer até o “chão” juntamente com diferentes atividades que fogem dos requisitos primordiais já bem definidas pelas normas maduras e consolidadas, como ITIL, COBIT e ISO,s.

Outro dia ouvi uma frase muito interessante “O sistema não precisa de pessoas que são verdadeiras enciclopédias, mas de pessoas que apliquem, de forma destemidas o que aprenderam a fazer.”

[Crédito da Imagem: Profissional de TI – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Técnico em Contabilidade, Técnico em Eletrônica, Técnico em Telecomunicações, Bacharel em Ciência da Computação, Administrador de Redes Linux (CentOS, XEN, Zabbix, Asterisk/Elastix). Especialista em Segurança em Tecnologia da Informação – UNIVERSIDADE MACKENZIE – SP. Tem experiência na área de defesa e contramedidas com ênfase em Segurança da Informação na área de telefonia de grande porte. Infraestrutura, Implementação e Pentest em aplicações e servidores junto ao Governo do Estado de São Paulo – Home Page: www.grsecurity.com.br - Escritor e Mantenedor: www.ethicalhacker.com.br

Gerson Raymond

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.