Carreira

Ξ Deixe um comentário

Ser proativo, será que é bom?

publicado por Ruggero Ruggieri

Ser proativo, será que é bom?Definições

Segundo definições da “WIKIPÉDIA” – “A pró-atividade é o comportamento de antecipação e de responsabilização pelas próprias escolhas e ações frente às situações impostas pelo mesmo. O uso da palavra proativo foi limitado ao domínio da psicologia experimental na década de 1930. Grande parte desta teoria foi formada nos campos de concentração nazistas, onde Viktor Frankl perdeu sua esposa, pai, mãe e família, mas decidiu que, mesmo sob as piores circunstâncias, as pessoas podem criar e encontrar um significado para a existência. Alain Paul Martin observou que a idéia original de Frankl foi gradualmente reduzida a uma oposição binária entre as opções reativa e proativa. Restringindo as escolhas apenas às opções reativas e proativas podemos impedir a liberdade de escolha e corremos o risco de prejudicar gravemente a inovação e a criatividade.

Segundo a WIKIPÉDIA:
“Benefícios da pro-atividade no trabalho.
Segundo Meiry Kamia, o comportamento proativo é definido como sendo um conjunto de comportamentos extra papel em que o trabalhador busca espontaneamente por mudanças no seu ambiente de trabalho, solucionando e antecipando-se aos problemas, visando a metas de longo prazo que beneficiam a organização.
Suas principais características são:
1. Busca ativa por oportunidades de mudança;
2. Planejamento e execução de idéias;
3. Enfrentamento de obstáculos.”

Um dos significados do prefixo “pró” significa antecipação, algo que acontece antes. A pessoa pró – ativa está sempre se antecipando aos acontecimentos, fazendo até mesmo alguma espécie de previsão para poder atuar de uma determinada forma planejada. Logo, a pró – atividade não é sair queimando pneu e agir de qualquer maneira. É necessária uma análise do contexto, identificação e seleção de alternativas e imaginação dos resultados de cada cenário. Isto leva algum tempo. Claro que nunca se tem certeza do que poderá acontecer mas, com um bom planejamento as chances de sucesso são altas.

A pro-atividade é uma das características que as empresas estão sempre em busca. Este perfil é o mais procurado e seguramente é um dos grandes fatores de crescimento dentro das organizações. O funcionário que possui este perfil, seguramente se destaca entre os colegas de trabalho. Este tipo de perfil é muito difícil de ser encontrado, seria como achar uma “agulha em um palheiro” . Geralmente este funcionário quando ele se destaca, algumas pessoas principalmente os seus colegas ou até mesmo o seu chefe imediato não dão muita credibilidade para ele. Isso tudo porque ele as vezes incomoda o seu “meio” por causa de sua característica de pro – atividade. O perfil de uma pessoa proativa é estar sempre em alerta para identificar o que precisa e o que deve ser feito, e agem de maneira comprometida, assumindo a responsabilidade em resultados de suas ações. Um funcionário proativo age para modificar as circunstâncias, independentemente dele ser ou não o dono da solução. Sua postura consiste em pensar e agir com lógica. O proativo tem um pensamento muito amplo na sua visão de trabalho. Esses profissionais não esperam que as coisas aconteçam para depois reagir; estão sempre atentos para as tendências e repercussões das ações do dia a dia, propondo soluções que evitem o surgimento de problemas, antecipando, hoje as suas ações que seriam inevitáveis amanhã. Muitas pessoas não encontram as soluções por que nem sequer reconhecem ou não enxergam os problemas. O pensamento de uma pessoa não proativa (reativas) geralmente ficam em seu “mundinho” de trabalho e sempre procuram não oferecer novas soluções ou não se comprometendo com as mudanças. As vezes por ser uma pessoa que não adquiriu esta visão mais ampla em seu trabalho ou muitas vezes por falta de conhecimento ou de oportunidades. Os reativos sempre esperam acontecer. O próprio cantor Geraldo Vandré na década de 70 já falava em sua musica “Pra não dizer que não falei das flores – Vem, vamos embora que esperar não é saber, quem sabe faz a hora e não espera acontecer…”.

Segundo informações da revista online Exame.com publicado em 08-11-2011 em seu artigo “Razões para ser mais proativo no trabalho”, o resultado de estudo de pesquisa resultou em um livro chamado “Empresas Proativas: Como Antecipar Mudanças no Mercado, lançado pela Editora Campus/Elsevier no fim de 2011”. Segundo o livro – os professores usam a palavra “ativo” para definir empresas e pessoas que tomam a iniciativa antes dos outros. O contrário disso são os empregados reativos, que respondem às mudanças de cenário e contexto. A conclusão dos dois: organizações reativas se tornam obsoletas, perdem participação no mercado e, no limite, fecham suas portas. Para o profissional, o diagnóstico é parecido: estagnação na carreira e demissão. “Ser proativo é uma escolha. É engano pensar que essa atitude é algo que nasce com a pessoa. É possível desenvolvê-la, basta querer”, diz Leonardo Araújo.

A articulista Vanessa Asten da empresa “Business Coach ActionCOACH – The World’s #1 Business Coaching Firm” comenta em seu artigo sobre “6 Dicas para você se tornar proativo”.

Segundo Vanessa Asten as 6 dicas aplicadas de uma forma correta poderão lhe tirar da posição de reativo para um patamar de proativo:

  1. Não espere que as coisas aconteçam para somente então agir, se antecipe, crie possibilidades e busque aplicá-las;
  2. Enfatize a importância das coisas, pense em cada tarefa como sendo única e dê o seu melhor na realização dela;
  3. Parta da filosofia de “pessoas importantes fazendo coisas importantes”;
  4. Busque a companhia de pessoas igualmente ou mais proativas que você;
  5. Só peça ajuda quando tiver esgotado o que poderia fazer por conta própria;
  6. Fortaleça sua reputação de alguém sempre em busca de soluções, alguém que efetivamente agrega valor.

Lembre-se, ser proativo é anteceder-se as adversidades, portanto a administração dos seu tempo e planejamento são fatores vitais que viabilizam sua pro – atividade!

Referências Bibliográficas:

WIKI enciclopédia virtual http://pt.wikipedia.org/wiki/Proatividade, pesquisado em 14-09-2013.
Musica de Geraldo Vandré, http://letras.mus.br/geraldo-vandre/46168/, pesquisado em 14-09-2013.
Artigo da Exame. com, http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/razoes-para-ser-mais-proativo-no-trabalho, pesquisado em 14-09-2013.
Artigo da Vanessa Asten, http://www.actioncoach.com.br/, pesquisado em 14-09-2013.

  •  
    7
    Shares
  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Gerente de Projetos SR., atua há mais de 20 anos na área de TI no seguimento do Governo do Estado de São Paulo. Desenvolveu atividades de desenvolvimento de Software para empresas brasileiras e multinacionais, tendo participando no Brasil e no exterior em projetos de TI de diversos segmentos como Educacional, Financeiro, Saúde, Tributário e Terceiro Setor. Professor de Pós-Graduação na UNINOVE nos cursos de Qualidade, Gerencia de Configuração, Requisitos, Gerenciamento de Projetos e Processo de Desenvolvimento Ágil Formado na PUC de Campinas, Pós-Graduação em Administração Hospitalar (Univ.São Camilo), Gerenciamento de Projetos (UNICAMP), Projetos Estruturados (USP), Ciência, Tecnologia e Inovação (USP). MBA em Gestão de TI na FIAP e Programa de Desenvolvimento Gerencial com foco em liderança estratégica - FIA, atualmente aluno de MESTRADO da UNINOVE na área de Gestão do Conhecimento. Formado em COACH para SBC - Sociedade Brasileira de Coaching e Master COACH pelo escola RICCOACHING.

Ruggero Ruggieri

Comentários

You must be logged in to post a comment.

botão emergência ransomware (1)

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.