Gestão de Processos

Ξ 1 comentário

Pomodoro Technique, você conhece?

publicado por Fernando A. Valente

pomodoro technique

A tecnologia está ai para ajudar, mas em alguns casos, com tantas possibilidades, ela pode atrapalha bastante. Manter o foco em nosso trabalho por muito tempo está se tornando uma tarefa bem complicada e diariamente  nos vemos perdendo a concentração em nosso trabalho seja olhando nossos feeds, e-mail, Facebook, Twitter etc. Além disso, quase sempre nos deparamos com prazo curtos o que nos deixa medonhamente atrapalhados.

Em uma de minhas “andanças” pela internet, encontrei o chamado Pomodoro Technique e acabei achando bem bacana. Essa técnica tem como principal objetivo tornar o tempo seu melhor aliado e nos capacitar a melhorar nosso processo de trabalho, melhorando assim  a nossa produtividade.

A técnica do Pomodoro Technique tem como base 3 premissas básicas, são elas:

  1. Uma forma diferente de ver o tempo, alivia a ansiedade.
  2. Melhor uso da mente nos permite alcançar uma maior clareza de pensamento.
  3. Empregando mais fácil de usar, ferramentas discretas que reduzem a complexidade da aplicação da técnica favorecendo a continuidade, e permite que você concentre seus esforços nas atividades que deseja realizar.

Depois dessa rápida introdução, você vai falar: “Ok, está tudo muito bonito, mas… O que eu preciso para começar?”. Simples!

  • Planejamento imediato! Ajuste e decida quais tarefas irá realizar no seu dia
  • Rastreamento durante o seu dia. Possibilita que você identifique esforços perdidos
  • Registro ao final do dia. Muito importante, para compilar um arquivo de observações diárias
  • Processamento. Para transformar dados brutos em informações
  • Visualização. Apresentar as informações em um formato que facilite o entendimento e identifique o caminho para aplicar as melhorias.

E para implementar a técnica você precisa:

  1. Um Pomodoro, o famoso timer de cozinha. Se não tiver, pode ser seu despertador do relógio, celular etc.
  2. Uma lista, em ordem de prioridade, do que você precisa fazer no seu dia
  3. Uma folha de registro, para produzir relatórios e gráficos

Com a receita, ingredientes e o modo de preparo, vamos ao prato principal! O trabalho… Para iniciar o primeiro processo, ajuste seu pomodoro para 25 minutos. Durante esse tempo mantenha o foco no que você precisa fazer! Evite atender o telefone, dar atenção a alguém, não olhe sua caixa de e-mail, seu Facebook, Twitter etc. É claro que o chefe pode nos solicitar durante esse período, mas ai é algo que foge do nosso controle, mas tudo que podemos deixar para depois dos 25 minutos, deixamos. Ao final desses 25 minutos, pare por 3 a 5 minutos, essa pausa é para você tomar um café, atender o telefone, olhar sua caixa de e-mail etc. Depois, ajuste o pomodoro para mais 25 minutos. Depois de 4 pomodoros, de uma pausa maior, entre 15 a 30 minutos, saia da sua mesa de trabalho e vá bater um papo com os colegas. Relaxe sua mente! Durante essas pausas, vá anotando o início e o fim de seus pomodoros, em que pomodoro você está e o que você fez nesse período. Sempre anote também as pausas inevitáveis durante os pomodoros, como uma necessidade de ir ao banheiro ou um chamado de um colega ou chefe.

Muita gente vai torcer o nariz para isso, eu também torci! E o meu primeiro questionamento foi: “E se eu precisar ficar mais de 25 minutos, o que eu faço?” Ai é que está o pulo do gato! Só depende de você. É claro que existem regras e etc. Mas ao aplicar essa técnica, você não terá ninguém te controlando além de você mesmo! Nesse caro, resolvi ajustar meus pomodoros para 40 mim com intervalos de 10 a 15 mim entre eles.

No final do dia, com tudo anotado, você vai perceber que sua produtividade deu uma elevada e que você não está tão cansado e desesperado como antes. É claro que você não vai passar a sua vida fazendo isso, eu sempre digo que isso é igual a dieta, no início tem que ser tudo bem regrado, mas depois seu corpo acostuma e você sabe o que deve e o que não deve comer. O seu corpo vai se acostumar com as pausas e vai obrigar você a parar de tempos em tempos.

Existe muito mais a se fazer com seus pomodoros, eu queria aqui apenas apresentar essa técnica que tem me ajudado bastante, mas recomendo a leitura da apostila que você pode encontrar e baixar no site pomodorotechnique.com. Lá você irá encontrar detalhes do que eu falei aqui e muito mais.

Se você já aplica ou aplicou a técnica, deixe sua opinião! Gostaria muito de saber se ajudou ou atrapalhou vocês.

Um abraço!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Atuante na área de desenvolvimento web desde 2007 prestando serviços para corporações da área da saúde, educação, tecnologia e pesquisa, jornalismo e entretenimento. Além de apaixonado pelo que faz, é aficionado por Python e tecnologia. Membro da Python Software Foundation, Python Brasil e Doador do Django Project.

Fernando A. Valente

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes