TI Corporativa

Ξ 1 comentário

O Vendedor de Coxinha Milionário

publicado por Laecio Barreiros

Recentemente me peguei meditando, pensando, tentando entender como funciona a cabeça de um empreendedor, quando é que ele tem o estalo e resolve empreender por conta própria ou montar um negocio. Logo conclui que o caminho por este entendimento, seria a pesquisa, ler biografias, conhecer historias de pessoas que começaram um negocio do zero, entrevistas, etc …

Conclui que isso daria muito trabalho, levaria muito tempo e talvez não encontrasse uma resposta pronta. Foi ai que lembrei que embora Consultor em Finanças e Gestão para Pequenas e Medias Empresas, também sou Empreendedor, não sou apenas um Consultor, tenho uma Empresa de Consultoria, sou um Empresário, logo estou empreendendo e a bastante tempo. Resolvi então fazer um exercício de memoria, vasculhar lá no fundo, fazer uma espécie de regressão e entender aonde surgiu o meu interesse e desejo por empreender e acreditem, cheguei a uma historia fantástica, que vou dividir como vocês :

Acho que tinha uns 8 anos, éramos muito humildes e pobres, meu pai um operário do segmento de confecção de roupas, trabalhava 12 horas dia para sustentar 3 filhos entre 6, 8, 11 anos, mais esposa, não era fácil, o controle e gestão do salario (caixa), tinha que ser muito disciplinada, não havia espaço para abusos ou erros … também acho que veio daí a minha habilidade por fazer gestão financeira, mas este já é outro assunto.

Voltando … semanalmente, passava na porta de casa um senhor com uma cesta vendendo coxinhas de galinha (*) e quando coincidia com a semana de pagamento do meu pai, aonde o caixa estava mais forte em casa, nossa mãe comprava uma coxinha para cada. Era uma delicia, um sonho, ate hoje me da agua na boca só de lembrar daquela maravilha !

Naturalmente toda a vez que o vendedor passava na porta de casa, estávamos nos lá pedindo pra nossa mãe comprar, era um chororô só, mas para o meu desespero, só tinha coxinha uma vez por mês, dureza !

Para tentar colocar uma basta naquele insistência e choradeira, nossa mãe dizia … “ Este vendedor de coxinha, esta RICO, graças a vocês ”.

Pronto, naquele momento, descobri o melhor negocio do mundo, vender coxinha me deixaria rico, meu sonho empreendedor estava ali na coxinha, um negocio fabuloso com demanda reprimida, sem concorrência, com enorme capacidade de expansão geográfica, exportação, escala, etc… fiquei anos e anos com a certeza absoluta que além de vender coxinhas, eu mesmo iria fabrica-las e por consequência, seria muito mais rico que o vendedor ou seja ao 8 anos elaborei o meu primeiro Business Plan.

Por anos, esta ideia fixa, ficou na minha mente e evidentemente com passar dos tempos e o triste fim da ingenuidade, entendi que o rico vendedor de coxinha, era apenas uma figura de linguagem da minha mãe e foram necessários mais de 30 anos para entender que meu desejo e vontade empreendedora foi despertado ali, “ por uma simples e deliciosa coxinha ”.

Não sei se todo empreendedor teve este tipo estalo, comigo foi assim e acho que funcionou … alias continuo adorando e comendo muita coxinha.

(*) conforme o Wikipédia, a enciclopédia livre, a coxinha é um salgadinho brasileiro, também comum em Portugal, à base de massa feita com farinha de trigo e caldo de galinha, que envolve um recheio elaborado com carne temperada de frango ou galinha )

Bons negócios, um feliz e prospero ano novo !

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Laecio Barreiros, 44 anos, 30 anos de carreira, Contador com MBA em Controladoria Financeira, atuou como Executivo de Finanças e Controladoria em empresas de renome como: GE Capital IT Solutions / IBM Brasil (Divisão Ivix Sistemas ) Zurich Seguros, Rhodes ( Grupo IVARS Italy ), Estanplaza Hotels, McDonalds, Manah (Bunge), Moore Brasil. Desde 2001 dirige a L&Barreiros Controladoria que desenvolve projetos de Gestão do Desempenho, Processos de Controladoria e Finanças com foco em Empresas de Pequeno e Médio Portes. Membro AMCHAM, Associado IBGC, escreve e colabora para as revistas: PEGN, Voce S/A, Exame PME, Meu Próprio Negocio, Estado SP, Folha SP, Portal IG, entre outras...

Laecio Barreiros

Comentários

1 Comment

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.