Gestão de Conhecimento

Ξ Deixe um comentário

O papel do plágio na construção do conhecimento

publicado por Jaison Silva Sacramento

Figura - O papel do plágio na construção do conhecimentoA construção do conhecimento está ligada a discursão exaustivas de diversos princípios de moral e ética. Obdália Santana Ferraz Silva, doutoranda em educação pela Universidade Federal da Bahia, professora do curso de letras da Universidade do Estado da Bahia, defende que “No processo de construção do conhecimento o texto chama a atenção para a pratica de plágio no meio acadêmico, e qual o papel das universidades para orientar e coibir essa pratica”.

O desenvolvimento de obras intelectuais de características única, exemplifica o conceito para autoria, em resumo, aquilo que você cria de forma escrita ou visual, sem copiar ideias existentes, é o que chamamos de autoria.

O conceito “[…] sofreu diversas variações no espaço tempo, variações essas, por causa do mundo digital, onde informações e texto estão disponíveis de forma simples, apenas com toque dos dedos, no teclado”.

Uma questão de princípios é defendida “na construção pura do conhecimento, pois, desde os anos iniciais da educação fundamental até as universidades, isso, um fato histórico”, tem-se convivido, com uma pratica abusiva de plágio, onde o simples CTRL-C e CTRL-V virou moda.

“Em uma pesquisa realizada com futuros professores da língua pátria, é de assustar-se com o resultado obtido. Em uma amostra analisada de 20 graduandos em letras, pertencentes a uma universidade pública do estado da Bahia, depara-se com a frases de um futuro professor:

Isso não quer dizer que só faremos copias, […] Cópia só será no momento de muita precisão […]. Será que no mundo desde os primórdios nada foi copiado? Tudo tem seu formato original? ”

O problema não é simplesmente o fato de fazer copias, como expressado por um dos alunos da pesquisa citada, “mas na falta de reflexão referente a suas ações, no qual deixa de preservar a intelectualidade do autor ao produzir texto com unidade, coerência, progressão, não-contradição e fim”.

O simples fato da informação está disponível, não é justificativa para fazer uso dela de forma errônea, sem a devida citação da fonte. Em uma era de informação e tecnologia, torna-se um fator convidativo para pratica do plágio, por causa do pouco tempo disponível e excesso de tarefas acumuladas.

A sociedade atual, vive hoje uma crise ética, a educação deve ser feita corretamente, “Fomos acostumados desde as séries iniciais a fazer os nossos trabalhos copiando na íntegra os textos de livros e enciclopédias, e isso sempre foi aceitável pelos nossos professores” ao invés de desenvolver nossas próprias ideias.

A pratica costumeira de plágio acadêmico, deve enfrentada através de ações como “ensinar a um jovem pesquisador como validar suas fontes, como avaliá-las, como buscar e identificar a informação confiável, é talvez uma das primeiras e mais importantes tarefas daqueles que se dedicam a formar recursos humanos”.

O plágio é apropriação indevida, de conhecimento científico produzido por outra pessoa. Por ser uma conduta moralmente inaceitável e antiético, além de ser crime contra os direitos autorais, defende autor que “Por conta disso, há mesmo urgência em implementar ações/modificações com relação à prática de produção de texto na universidade, a fim de que essas produções, cumpram sua função social” e conscientiza o atual e futuro pesquisador, que tal atitude não produz conhecimento.

Acredita-se que além do processo de evangelização para conscientização dos acadêmicos, para não cometer tal inflação, deve-se usar de ferramentas como a internet, que é uma agente que contribui para propagação do plágio, como uma ferramenta também para evita-lo.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

SILVA, O. S. F., Entre o plágio e a autoria: Qual o papel da Universidade. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782008000200012&lng=en&nrm=iso – Revista Brasileira de Educação -. Acessado em 11/06/2015

SACRAMENTO, J. S. Entre o plágio e a autoria: Qual o papel da Universidade. AMBRA COLLEGE, 2015, Disciplina de Metodologia Jurídica

[Crédito da Imagem: Plágio – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Graduando em Matemática Aplicada e Computacional (UNINTER),Graduado em Ciências Contábeis (UNICID), Graduado em Teologia (FATIN), Pós-Graduado em Engenharia de Sistemas (ESAB), Pós-Graduado em Data Warehouse e Business Intelligence (AVM), Pós-Graduado em Estatística Aplicada (UNIDERP). Contador registrado no CRC-SP, profissional certificado em Microsoft Business Intelligence desde 2010, atuação desde 1997 como profissional de tecnologia da informação com experiência em diversos projetos. Experiência em análise e levantamento de requisitos, modelagem de dados de soluções de Microsoft Business Intelligence, modelagem e desenvolvimento de soluções de Big Data e Data Science utilizando soluções Microsoft Azure Data Lake, Databricks (Apache Spark), Machine Learning, Hadoop, Data Factory. Desenvolvimento de soluções Business Intelligence utilizando Microsoft SQL Server com recursos de Self-Service BI, utilizando SharePoint, SSAS, SSRS, SSIS, Power View, Power MAP, Power BI, Data Mining. Experiência em implementação de soluções de Cloud Computing Microsoft Azure, Office 365.

Jaison Silva Sacramento

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.