Carreira

Ξ 1 comentário

O conhecimento é uma arma importante e ao mesmo tempo uma arma terrível

publicado por Paulo Dias

Trabalhar na área de TI no setor bancário é fascinante e ao mesmo tempo adquire-se conhecimentos muito para além da computação e informática, pois somos aliados a ter de conhecer o negócio bancário. A experiência que ao longo dos anos se vai adquirindo com o desenvolvimento de projetos torna-nos um expoente máximo no conhecimento dos diversos produtos e serviços do setor da banca.

No entanto este conhecimento é uma arma importante, mas ao mesmo tempo alia-nos a uma responsabilidade muito grande na gestão de projetos e gestão de recursos, acabando desta forma por ser uma arma terrível, pois exige da nossa parte grande desgaste e muito pouco tempo para conseguir gerir o dia a dia.

Nem sempre toda as pessoas com este perfil, que requer ter uma grande capacidade na gestão do dia a dia, entre e-mail, reuniões, gestão de recursos e acompanhamento de projetos, é reconhecimento pelas respectivas chefias, o que por muitas vezes nos deixa num certo desconforto, quando nos consideram por muitas vezes como sendo simples técnicos, quando o nosso valor junto das áreas de negócio é visto como uma parceria muito válida, no que á definição e acompanhamento dos requisitos de negócio diz respeito, sendo considerada por estes como fundamental.

O sucesso dos nossos gestores depende do nosso sucesso, e por muitas vezes esse valor não é reconhecido, mas enfim, um bom profissional fica sempre satisfeito com o bom trabalho desempenhado, ou seja, pelo menos alimenta o ego de dever cumprido.

A alienação de tarefas por vezes é muito difícil de gerir, pois os projetos decorrem à velocidade da luz e em simultâneo nas diversas área de produtos e serviços em que nos encontramos inseridos, o que por muitas vezes temos de trabalhar em diversas frentes e com equipa de consultoria diferentes, não deixando muita margem na gestão do dia a dia.

No mundo da informática e do negócio bancário posso simplesmente afirmar que trabalhar e ter o conhecimento na área de cartões bancários é muito bom, pois qualquer produto que abranja uma utilização ao nível mundial é simplesmente magnifico, perceber o bit e o bite deste negócio é muito reconfortante, sabendo acima de tudo que se trata de um produto lucrativo para o negócio, pelo que o investimento no desenvolvimento de novos produtos de cartões e novas funcionalidades, deve sempre ser uma aposta, dependendo do conhecimento e apostas na cultura dos seus utilizadores.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Perfil Profissional Arquiteto de Soluções Técnicas e Gerente de Projeto - Mais de 20 anos de experiência profissional no departamento de TI, mais especificamente sobre os sistemas de pagamento; - Gestão de várias equipas, quer em projetos relevantes, quer em atividades habituais para o Business; - Amplo conhecimento do negócio de cartões bancários dentro dos cenários nacional e internacional; - Experiência de gestão para os sistemas de pagamentos com foco nos resultados e satisfação do cliente, bem como uma atitude pró-ativa em relação a questões novas e constantes restrições de negócios futuros; - Familiarizado com situações de stress e SLA's agressivos;

Paulo Dias

Comentários

1 Comment

  • Caro David,
    o meu comentário em dizer “perceber o bit e o bite deste negócio” vem no contexto do negócio de cartões ao nível bancário, e está relacionado com o conhecermos m detalhe o desenvolvimento do produto de cartões ao nível informático.
    Espero que a minha resposta tenho ao encontro do pretendido.
    Um abraço
    Paulo Dias

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.