Gerência de Projetos

Ξ 1 comentário

FTTD ou FTTO, o que é isso e onde eu uso?

publicado por Leandro Stok

FIBER TO THE DESK (FTTD) e FIBER TO THE OFFICE (FTTO): QUAL A VANTAGEM DA UTILIZAÇÃO?

Com o avanço da tecnologia da Informação, a cada dia surgem novas tecnologias para transmissão de dados, que vem acompanhar as atuais necessidades do mercado.

Com este avanço surgem diversos problemas, como a falta de infra-estrutura para passagem dos cabos, cabeamento de rede de dados e telefonia passados juntos com a rede elétrica, etc., e para que estes problemas não afetem o desempenho dos usuários nas suas atividades diárias, surgiram às tecnologias FTTD e FTTO.

A Fiber To the Desk, fibra óptica até o Desktop, as redes baseadas nessas arquiteturas, permitem a redução e a otimização de recursos, como infra-estrutura e equipamentos de rede, possibilitando um projeto de rede flexível e escalonável, atendendo os usuários de acordo com a demanda de largura de banda requerida.

Segue um comparativo com a rede em cabeamento metálico:

  1. Para a utilização do Fiber to the Desk é necessário instalar nos computadores, placas de rede com entrada para Fibra óptica. O custo destas placas são bem maiores do que as placas de rede para cabos metálicos;
  2. Na utilização do cabeamento de fibra óptica, a infra-estrutura necessária é bem menor já que o cabo de duas fibras é mais fino que  um único cabo metálico de qualquer categoria( 5e, 6 ou 6A);
  3. Em casos onde não existe infra-estrutura para a passagem de cabeamento metálico de rede de dados, somente para a rede elétrica, a opção pela utilização da Fibra óptica é de grande valia, pois não sofre interferências eletromagnéticas;
  4. Maior retorno de investimento com a redução no custo de manutenção da Rede;

Para não onerar o projeto com a compra das placas de rede com entrada de fibra óptica, surgiu o Fiber to the Office, onde ao invés de instalar a fibra óptica até a placa de rede do desktop do usuário final, é instalada até um ponto central na sala ou departamento, e instalado um media converter (equipamento que faz a conversão de luz para ondas eletromagnéticas), e instalando cabeamento metálico até os desktops, reduzindo assim o valor total dos materiais.

 

Cuidado ao montar um projeto de FTTD ou FTTO, pois é preciso que um profissional gabaritado análise as vantagens e desvantagens, analisando o ambiente, a infraestrutura e as informações que por ela vão trafegar.

Um ponto importante é que a fibra óptica pelas tecnologias atuais, não tem limite de velocidade, com isso essa estrutura é valida para redes onde tem um grande trafego de informações.

Ouro ponto é os materiais e equipamentos que iremos utilizar, isso deve ser feito não com base nos valores e sim com base na necessidade operacional, se for comparada com o cabeamento metálico em muitas das vezes, para não falar em sua totalidade, o FTTD ou o FTTO referente aos valores são mais caros.

Com base na estratégia de investimento e na qualidade de serviço da sua empresa, está pode ser uma possibilidade. Pense nisso!!!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Formado em Ciências da Computação pela Universidade São Judas Tadeu e pós graduado em Redes de computadores e segurança pela mesma instituição. Professor universitário na instituição UNINOVE, com atuação na área de ensino por mais de 10 anos, lecionando nas seguintes materiais principais: Redes de computadores; Segurança da informação; Projetos entre outros Gerente Operacional da empresa IWISE, trabalhando com implantação de projetos de virtualização VMWARE, interligação de filiais através de VPN, migração de servidores para Cloud e Business Intelligence. contato: lstok@iwise.com.br site: www.iwise.com.br twitter: @Lstok facebook: leandro stok linkedIn: leandro stok

Leandro Stok

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.