Segurança da Informação

Ξ Deixe um comentário

Está na hora de trocar seu anti-vírus?

publicado por Paulo Oliveira

Olá pessoal, estou de volta para falar sobre um assunto de muita discussão e que sempre terá que ser discutido. Afinal de contas, empresas de segurança vem e vão, assim como os produtos voltados para a área de segurança da informação.

Alguém já se perguntou quantas empresas fabricantes de anti-vírus existiam no mercado e quantas existem agora? Bom, mesmo que alguém saiba exatamente a resposta, com certeza atualmente existem bem mais empresas do que em outrora. E outro grande detalhe, não são apenas duas ou três empresas que possuem boas soluções de mercado.

Anteriomente era bastante comum vermos mais soluções pagas do que gratuitas voltadas para usuários dométisco. Mas, mesmo as pagas davam dor de cabeça ao usuário, como por exemplo, deixando o computador lento (essa é uma das grandes reclamações contra o Norton). No entanto, o cenário mudou, e cada vez mais é possível ver soluções de anti-vírus gratuitas surgirem na internet para usuários domésticos, e, com melhor desempenho e integração com o sistema operacional.

É importante saber escolher um anti-vírus com cuidado, devido ao grande perigo que é navegar na internet. Outra grande entrada de vírus, cavalos de tróia e outras ameaças do tipo são as entradas USB: pen-drives, HDs externos e até mesmo máquinas fotográficas, isso mesmo pessoal, aquela máquina que você utiliza para guardar um momento importante da sua vida, também é uma porta de entrada para softwares mailiciosos.

Outro dia estava em casa quando de repente resolvi escanear a minha máquina fotográfica e descobri que ela estava infectada com uma variante do Conficker. Sempre recomendo as pessoas, que ao conectar dispositivos, dos tipos citados acima, no computador, efetue um scan para descobrir se ele está livre das pragas virtuais. Agora surge uma pergunta, “E se o meu anti-vírus (ainda) não for capaz detectar o vírus?”

Então vou dar umas dicas para verificar a qualidade do anti-vírus utilizado em seu computador!

Primeiro, desconfie sempre! Não importa se o pen-drive que está sendo conectado em seu computador é de alguém de confiança ou não, pois ele pode estar contaminado sem que própria pessoa tenha conhecimento.

Segundo, faça um scan periódico do seu computador. Se você “espeta” vários dispositivos USB de terceiros em seu computador ou acessa sites de games e jogos on-line (os preferidos pelos bandidos da internet para ludibriar o usuário e infectar computadores) e seu anti-vírus não detecta nenhuma ameaça, recomendo que seja feito um scan com uma outra ferramenta “só para ter certeza”.

Terceiro, existem várias empresas independetes que fazem testes nos anti-vírus mais usados no mercado. Essas empresas utilizam várias técnicas e testes para validar a qualidade do produto. Algumas que podem ser citadas são:

http://www.av-comparatives.org/

http://www.av-test.org/certifications.php

https://www.icsalabs.com/technology-program/anti-virus

http://www.virusbtn.com/vb100/latest_comparative/index

Vale a pena conferir o resultado dos testes nos sites e verificar a nota aplicada aos produtos.

A Microsoft divulgou recentemente alguns dados que mostram o Brasil ocupando o terceiro lugar em nível de infecção nos computadores, perdendo apenas para Estados Unidos e China, respectivamente. Mas isso se deve mais ao fato de que nesses países existem mais computadores conectados a grande rede do que realmente ao número de infecções propriamente ditas.

Outro fato interessante, existe um tipo de malware identificado pela Microsoft com o nome de: Bancos que foi criado para roubar senhas de bancos, no entanto, os bancos que ele está programado para capturar a senha são apenas aqui do Brasil! Tenho observado que esse malware está SEMPRE entre os top 10 na lista das pragas mais ativas.

Este post mostra a importância de sempre verificarmos se a solução de anti-vírus usada em nossos computadores pessoais ou empresas está com um nível de detecção aceitável para as políticas de segurança impostas dentro da organização. E que o Brasil é um dos países com índices mais altos de infecção no mundo. Portanto, atenção e cuidado!!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Trabalha na área desde 2002. É formado em Desenvolvimento de Software no Centro Universitário do Norte - UNINORTE. Trabalhando atualmente como Analista de Suporte em uma empresa no ramo de Varejo. Possui certificação Microsoft em ISA Server. Tem interesses em segurança de redes e sistemas, tecnologias Microsoft, Windows debugging, esportes, música - o bom e velho rock and roll. Membro ativo da comunidade www.isaserver.org nos message boards ajudando Admins de várias partes do mundo.

Paulo Oliveira

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.