Carreira

Ξ 1 comentário

Cuidado, você está prestes a se tornar um funcionário zumbi

publicado por Priscila Stuani

Cuidado, você está prestes a se tornar um funcionário zumbiA realidade do mercado de trabalho é preocupante e o risco é iminente: estamos prestes a entrar em colapso!

Aparentemente, a minha visão pode ser um tanto pessimista, mas ao longo do artigo, você terá subsídios para concordar.

Já sabemos que as cobranças por resultados faz parte do nosso dia-a-dia, mas cada vez mais as equipes ficam enxutas, os prazos mais curtos e os resultados muitas vezes ficam longe do esperado.

Isso acaba implicando em nossa qualidade de vida, ou seja: não dormimos, nem descansamos o período considerado ideal e é ai que mora o perigo: a inovação não consegue sobreviver a essa tensão. Com isso, eis que surge o funcionário zumbi.

Segundo Neusa Chaves, líder de projetos na Falconi Consultores de Resultados, o que faz com que as pessoas só trabalhem sobre o efeito do famoso “apagar incêndios” é porque as suas rotinas de trabalho são ruins.

funcionário zumbi

Para ajustar essas questão, Neusa Chaves apresenta 3 fatores que precisam ser trabalhados:

  • Melhore o seu jeito de trabalhar: uma rotina bem definida proporciona um ambiente mais saudável e tranquilo para os funcionares pensarem e produzirem.
  • Abra espaços: uma vez que as rotinas foram redefinidas (e melhoradas), organize encontros quinzenais para a equipe discutir sobre atividades que requeiram soluções. Isso estimulará a capacidade dos profissionais de indagar e responder.
  • Inspire a liderança: abrir espaços de comunicação com as equipes e melhorar a rotina de trabalho não serão eficientes se a liderança não entender a importância disso. Ser líder não é uma tarefa fácil, ainda mais quando ele precisa estimular a autonomia e confiança dos profissionais. Cumprimento de prazos e resultados são inevitáveis, mas o excesso de autoritarismo e exigências em um tom nada amigável pode comprometer a eficiência dos trabalhos.

Não é uma ação fácil, visto que implica em mudança na maneira de gestão do trabalho, nem rápida, mas de suma importância despertar para a importância dessas melhorias propostas.

Me dê a sua opinião, você acha que esse cenário é difícil de ser transformado para a melhor? Tem outras sugestões? Compartilhe a sua opinião conosco, ela é muito importante.

[Crédito da Imagem: Zumbie – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

mpulsionadora de negócios, instrutora no Alura Cursos Online, facilitadora do aprendizado emergente e uma social media completamente apaixonada pelo poder do bom conteúdo. Graduada em Marketing (UAM), Pós-graduanda em Neurociência aplicada à educação (UAM). Depois de atuar no mercado de serviços B2B por 7 anos, se tornou facilitadora do aprendizado, fazendo a interface entre o aluno e a teoria/prática. Focada em apoiar profissionais no processo de criação de posicionamento no ambiente digital através do conteúdo para blogs e redes sociais. Fazer parte de um projeto desafiador me motiva e me impulsiona a entregar o meu melhor.

Priscila Stuani

Comentários

1 Comment

  • As empresas precisam de resultados que muitas vezes são irreais. Transferem parte (ou quase toda) da responsabilidade para os executivos, exigindo resultados. É melhor ser realista, buscar alvos atingíveis, e preservar o capital humano, que é o mais importante, sem ele não há empresa que dirá metas.

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.