Tecnologia

Ξ Deixe um comentário

RFID – Inserindo a tecnologia em controle de processos produtivos – Parte II

publicado por Sandro Tôrres

Um dos maiores gargalos no processo produtivo chama-se controle de estoque de matéria prima, sejam insumos, semi produtos, componentes, etc. Com o emprego da tecnologia RFID podemos criar regras estabelecidas onde os controles destes itens passam ser dinâmicos.

Imaginem um cenário, onde após a produção de um determinado produto, o mesmo ao ser apontado no estoque de expedição por RFID, todos os componentes e insumos utilizados são verdadeiramente apontados para o sistema e a partir deste ponto, ocorre uma integração com o sistema de controle de estoques que inicia a execução das regras definidas.

Estas regras podem ser do simples apontamento de consumo como também start para o Setor de suprimentos para acompanhamento do nível de estoque e operações de WMS (Warehouse Management System) . Para que isso ocorra naturalmente é necessario o estabelecimento das regras do negocio no desenvolvimento do Midlleware, assunto tratado no artigo passado, onde tais regras devem estar totalmente alinhadas com a cadeia produtiva e as necessidades da operação.

Com este controle, pode-se por exemplo, ter uma assertividade maior naqueles produtos que possuem uma janela critica de fornecimento em relação a tempo e disponibilidade no estoque para a linha de produção.

Outro ponto de controle que pode ser implantado por exemplo, é em produtos que só podem ser manuseados por certos profissionais autorizados. No ambiente onde estes estão acondicionados, é inserido um sistema, onde somente com a identificação do respectivo profissional, é autorizada a retirada do referido componente ou produto, e são apontados os dados referentes, como por exemplo, nome, data, hora, produto, quantidade, etc. tudo de forma automatica sem intervenção humana. Caso o profissional que esteja retirando o material nao seja autorizado e nem identificado, o sistema habilita situação de alarme e segue as regras definidas para o evento, por exemplo: aciona a segurança patrimonial, sala de controle, informa ao Gestor de Suprimentos a retirada indevida, etc.

Resumindo, a aplicação da tecnologia RFID tanto no controle de processos produtivos quanto na cadeia de suprimentos é uma forte aliada dos seus Gestores e atualmente é considerada essencial para o estabelecimento de um controle efetivo de produção e estoques, dando uma visibilidade mais ampla e principalmente a redução de erros no controle destas operações e elemento cruscial para tomada de decisões proativas.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Atuação há mais de 10 anos como Gestor de Negócios e Operações. Atuação há mais de 15 anos como Especialista em Tecnologia, sistemas Vsat, No Break´s, Sistemas de impressão, Automação Bancaria, Comercial e Industrial. Especialista em Licitações Publicas. Atua em um Distribuidor de produtos e soluções para CFTV IP e RFID. Vasto conhecimento em Tecnologia para Segurança Patrimonial, Salas de Operação e Gestão de Crises, Sistemas Ininterruptos de Energia, Sistemas de impressão, Automação com emprego de RFID, Coletores de dados, Infraestrutura, Back up sites, etc. Linkedin: Sandro Tôrres email: sandrot68@hotmail.com Skype: sandrot68 Mobile: +55 31 8391 1919

Sandro Tôrres

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes