Carreira

Ξ Deixe um comentário

Como os seus pensamentos afetam a sua carreira

publicado por Carolina Souza

Figura -Figura - Como os seus pensamentos afetam a sua carreiraAntes de mais nada, FELIZ 2019 a todos vocês!

O primeiro mês do ano já passou e muitas pessoas podem estranhar esses meus votos, mas, me diga: de tudo aquilo que prometeu na virada do ano, o quê, efetivamente, você realizou? Pouco? Muito pouco? Nada? Então, é sinal de que o ano ainda é velho para você, mas não desanima não. Talvez o assunto que abordarei possa lhe ajudar a entender a razão disto, assim você terá condições de reverter esse quadro com algumas dicas apresentadas.

Hoje eu quero falar com vocês sobre o poder que a nossa mente e os nossos pensamentos exercem na gestão das nossas carreiras (o que se estende a todos os demais aspectos de nossas vidas).

Primeiramente, creio ser importante esclarecer que pensamento e mente não são o mesmo. O pensamento é uma pequena parte da nossa mente, geralmente, ele ocorre de forma inconsciente, descontrolada e constante. Estamos o tempo todo preocupados, ansiosos, focados no que passou ou no que está por vir, raramente, nos encontramos em um estado de relaxamento, equilíbrio, tranquilidade e serenidade (características naturais da nossa mente).

A razão disso? Não estamos conscientes daquilo que sentimos no momento presente.

O dia mal começa e já ficamos angustiados só de pensar no trânsito, se temos um reunião na quarta-feira, desde segunda ficamos ansiosos sobre como será o nosso desempenho, o mês ainda nem acabou e ficamos todo dia conferindo se o vale-refeição já caiu, a prova será só no fim do trimestre, mas desde agora os nossos pensamentos nos consomem pelo medo da nota que tiraremos. Assim, de angústia em angústia, passamos os nossos dias preocupados com algo que ainda nem aconteceu ou então remoendo situações passadas que não dá mais para voltar atrás e mudar.

Esse hábito de pensar de forma indiscriminada, constante e negativa, causam um dano tremendo em nossa capacidade de realização e nos paralisa diante da falta de controle do futuro que temos. Assim, passam os dias, as semanas, os meses e os anos e nos acostumamos a nutrir esses pensamentos e a não agir diferente para realizar tudo o que desejamos em nossas vidas.

A área mais afetada, sem dúvida, é a profissional, tendo em vista, que deixamos de ter a atenção voltada para o que está acontecendo aqui e agora ao nosso redor e, com isso, possivelmente perdemos boas oportunidades de crescimento. Outro resultado negativo é a nossa saúde, onde o nosso corpo somatiza toda essa angústia em forma de dor, doenças e desânimo.

Estamos quase no final de janeiro e eu tenho certeza que você ainda cultiva os mesmos pensamentos do ano passado e todo aquele discurso de mudança no ano novo foi embora junto com as sete ondas que você pulou, estou certa?

Calma que tem jeito! Minha principal recomendação é comece a prestar mais atenção nos pensamentos que vem cultivando, o convido a criar um diário do pensamento, onde poderá anotar os pensamentos que identificar como mais recorrente, junto a ele anote também o que sente ao pensar: preocupação, medo, ansiedade, raiva, remorso, culpa, enfim, observe com atenção o pensamento e o sentimento que esse gera em você.

Faça durante uma semana. Em seguida, leia tudo o que anotou e avalie se considera a qualidade dos seus pensamentos como sendo algo positivo ou negativo para a sua felicidade.

Arrisco fazer um spoiler e antecipar que raramente eu encontrei alguém que tenha avaliado com positiva a qualidade dos seus pensamentos. Grande parte das pessoas percebem que eles são altamente nocivos para o seu estado de paz interior e a partir desta tomada de consciência (da qualidade de seus pensamentos) é possível iniciar um trabalho interno e pessoal de monitoramento dos pensamentos a fim de modifica-los em busca de outros que tragam mais esperança, leveza, tranquilidade, confiança, motivação e positividade para o dia-a-dia.

Nós não somos o que pensamos. Nós somos o que construímos. E, se estamos nos permitindo cultivar pensamentos negativos que nos fragilizam e impedem que busquemos crescer em nossas vidas, assim se refletirá em nossa carreira. E o resultado será a manutenção da insatisfação crescente e a estagnação profissional.

Portanto, se você prometeu fazer várias mudanças para esse novo ano e está realmente disposto a realizar tudo isto, comece pelo monitoramento dos seus pensamentos, limpe-os, nutra-os de maneira positiva e fortaleça a sua mente para desempenhar todos os dias o seu potencial máximo de forma inovadora, criativa e construtiva.

Sucesso e Bons Pensamentos a todos!

Feliz Ano, de fato, N O V O.

  •  
    26
    Shares
  • 26
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Especialista em Gestão & Desenvolvimento de Carreira, em Gerenciamento de Projetos[PMP], Engenharia de Requisitos [CPRE-FL] e Membro da Sociedade Brasileira de Coaching. Há 15 anos atuando no mundo corporativo, no setor de Tecnologia da Informação, facilitando a comunicação entre a área executiva e operacional das empresas clientes. Fundadora do Programa Carreira em Movimento. Colunista de sites e revistas especializadas em TI.

Carolina Souza

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes