Posts by Tag: apple»

Mercado

Qual o feitiço da Apple?

Qual o feitiço da Apple?

posted by Francisco J S Fernandes

Quando as coisas parecem ruins, que o mago de uma companhia (RIP Steve Jobs) nos deixa, e que a mesma companhia desanda a fazer escolhas equivocadas.

Mobile

Apps: Monetização

Apps: Monetização

posted by Cezar Taurion

Há alguns dias participei de uma mesa redonda em uma universidade com diversos jovens empreendedores, que estavam muito motivados a criar negócios baseados em computação móvel, escrevendo apps. Aparentemente a fórmula para ganhar dinheiro com apps é simples: ter uma boa idéia, saberalguma linguagem de programação, como Java, desenvolver o aplicativo, colocá-lo na AppStore ou PlayStore, definir um preço baratinho, como 99 centavos de dólar e, pronto, agora é só esperar os milhões de downloads e aproveitar a grana. Afinal, segundo o Gartner, em 2011 as vendas mundiais de apps representaram 15 bilhões de dólares e deverá chegar a 52 bilhões em 2015.

Infelizmente a vida real não é tão simples assim. A imensa maioria dos aplicativos é grátis e aqueles que cobram tem que pagar uma comissão à loja virtual. Em média a loja fica com 30% da receita, e o desenvolvedor com 70%. O próprio Gartner estima que mais de 85% dos downloads feitos nas lojas virtuais são de aplicativos gratuitos. Uma pesquisa feita em eados de 2011 em cima da AppStore mostrou que as então 370.000 apps existentes tinham sido criados por 78.000 desenvolvedores (individuais ou
pequenas empresas), com um preço médio de US$ 2,52. E da lista dos top 100 mais vendidos, 43 eram games. Nenhum app vendido tinha tornado seu desenvolvedor milionário…A pesquisa mostrou também que 68% dos apps que não eram jogos, tinham preço US$ 0,99 ou US$ 1,99. O máximo de ganhos médio por aplicativo não passava dos 27 mil dólares. O relatório pode ser visto em http://gigaom.com/apple/the-average-ios-app-publisher- isnt-making-much-money/ .

Portanto, a discussão na mesa redonda voltou-se a questão de como gerar receita neste, aparentemente, promissor mundo dos apps.
Várias questões foram debatidas. Uma delas é básica: precificar o aplicativo.

Mercado

Mountain Lion: O Rugido do Leão

Mountain Lion: O Rugido do Leão

posted by Leonardo Itao

Integração – Uma considerável integração com as redes sociais, focando no aplicativo popular do mercado, o Facebook.

Mobile

A era dos Tablets

A era dos Tablets

posted by Mariano Gordinho

Quando comecei a escrever esse texto, que vai ser publicado em nosso blog essa semana, a primeira coisa que me veio a mente foi o significado da palavra Tablet.

Marketing & Tecnologia

Tablets: Microsoft x Apple

Tablets: Microsoft x Apple

posted by Leonardo Itao

Finalmente após 37 anos de empresa a Microsoft irá oferecer nada mais e nada menos que um … computador !

É evidente que essa decisão foi tomada visando a futura tendência do mercado global. Após a compra da Motorola Mobility pela Google (reforçando o O.S Android) e o lançamento do novo Ipad (potencializando a marca Apple), observamos que a Microsoft está ficando muito atrás no quesito ‘Inovação’, uma das principais vertentes do nosso mundo tecnológico.

Há pouco tempo a Microsoft disponibilizou seu novo sistema operacional (Windows 8) sendo executado em tablets da Samsung, ASUS e HP, talvez uma simples técnica de market para evidenciar que seu produto é totalmente compativel com os tablets com pré.req necessário do mercado.

Porém contra fatos não há argumentos, a Microsoft ainda é lider disparada no quesito Sistema Operacional e este lucro explicitamente está ligado a seus ‘parceiros’, fabricantes de hardware (a.k.a computadores domésticos/corporativos e servidores).

De qualquer forma a Microsoft possui um histórico mediano no quesito hardware. Em 2001 a empresa oficializou o lançamento do Xbox (console de videogame) no mercado americano, tornando-se um aparelho neutro, pois quando comparado com o Playstation II da Sony, perdeu totalmente a direção no mercado de games. Após alguns anos, em meados de 2005 a Microsoft lançou o Zune, o que deveria ser classificado como ‘Media Player portátil’ que acabou tornando-se seu grande fracasso.

Mercado

Informação em mobile: Pattern para aumentar o numero de acessos

Informação em mobile: Pattern para aumentar o numero de acessos

posted by Leonardo Marteleto

Com o avanço da tecnologia, e a crescente utilização dos dispositivos móveis para acesso a internet, empresas intensificaram a oferta de produtos a esse nicho de mercado, onde se tem um novo canal de comunicação B2P (Business to Person).

No entanto, não se pode ater somente a um determinado publico, ou seja, aqueles que utilizam os dispositivos moveis para acessar às redes sociais, trocar mensagens, baixar aplicativos para uso com fins de entretenimento, pois existe uma grande vertente que está associada à aplicações corporativas, para auxiliar em resolução de dúvidas ou orientação, mapas, marketing de produtos, dentre outros.

Com esse publico bem diversificado, observa-se uma difusão e disseminação de conteúdos para dispositivos móveis. Jornais, bancos, provedores de e-mails, varejistas, a cada dia aumentam seu marketshare para tais dispositivos, porém, em alguns casos, sem nenhum controle de crescimento ou planejamento da forma como vai ser publicado tal conteúdo.

Passo algumas horas do dia acessando conteúdos através do celular, e o que estou vendo é que alguns canais de informação não possuem uma interface customizada a tal dispositivo. Isso é, o mesmo look and feel que é mostrado para uma monitor de 19” também é apresentado para uma tela de 4”, sem falar nas imagens que são descarregadas sem nenhum tipo de filtro para o celular. Por mais que avancemos na rede móvel,com aumento de memória dos dispositivos móveis, facilidade de interação, ainda temos problemas de sinal de agente de externo estabilizado, onde depende da localização onde se encontra o aparelho, dificultando downloads dos conteúdos estáticos.

Mobile

Qual anti-malware você usa em seu Smartphone? Nenhum? Hora de repensar…

Qual anti-malware você usa em seu Smartphone? Nenhum? Hora de repensar…

posted by Abner Biasotto

Com o crescente uso de smartphones, tanto para uso pessoal quanto corporativo, também tem crescido o número de malwares para esses dispositivos e especialistas dizem que 2012 vai ser o ano de ataque a smartphones. Criminosos seguem os usuários, o que significa que quanto mais pessoas fazem transações com seus smartphones, criminosos vão crescentemente alvejar esse tipo de plataforma.
De acordo com dados da Trend Micro, cerca de 129.000 malwares foram detectados no final de 2011 somente para Android (o número atual ultrapassa os 3 milhões) e a tendência é crescente. Grande problema: grande maioria dos usuários de smartphone não verificam quais as permissões que os aplicativos terão ao serem instalados. Por qual motivo uma aplicação de música lhe pediria acesso a sua agenda pessoal ou acesso à internet? Mesmo pela Google Play (loja oficial de aplicativos do Android) foram detectados aplicativos que continham malware. Nem o próprio Android Bouncer – software anti-malware da Google que “varre” os aplicativos em busca de softwares maliciosos; consegue ser 100% eficaz no trabalho de remoção. No começo de Maio, 17 aplicativos continham código malicioso chamado Plankton que serve para tornarem os aparelhos parte de redes zumbis (aguardando comando dos servidores de controle).

Cloud Computing

As voltas que o mundo dá: Por cima da carne seca?

As voltas que o mundo dá: Por cima da carne seca?

posted by L.Midas

Para quem chegou agora, eu contava da conferência em Berlim no final de 2011. Para mim, um dos pontos mais interessantes foi o discurso de um ilustre vice-presidente do YouTube. O sujeito, muito bom de apresentação por sinal como todo americano que se preze que tenha uma posição de relevância, dominou a cena por mais de 45 minutos sem ser cansativo.

Desenvolvimento

Sobre o desenvolvimento de aplicativos móveis

Sobre o desenvolvimento de aplicativos móveis

posted by Cezar Taurion

Semana passada tive um almoço muito legal com um empreendedor que está criando uma empresa voltada para o desenvolvimento de aplicativos móveis.

Mobile

Tablet sendo utilizado para força de venda, funciona?

Tablet sendo utilizado para força de venda, funciona?

posted by Vicente Lucas Seabra Zotti

Todos sabem que a febre dos tablets só existe hoje devido a uma invenção chamado Ipad. O Ipad foi desenvolvido para se tornar um equipamento multimídia.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.