Carreira

Ξ 1 comentário

Falta, excesso ou erro na comunicação pode ser um grande problema para as organizações

publicado por Jefferson Colares de Freitas

Imaginem a cena: Você vai iniciar uma viagem de avião e espera que tudo ocorra sem maiores incidentes.

Você entra no avião e espera 20 minutos, vê a movimentação do pessoal da manutenção. O tempo passa, 30 minutos, 50 minutos e você ali esperando e sem nenhuma informação. Quando atingimos a marca de 60 minutos o pessoal de cabine avisa que temos um problema no banheiro e em uma turbina e não podemos iniciar a viagem.

Silêncio seguido de uma algazarra. Passageiros querendo desembarcar, dizendo que naquele avião não irão voar, outros dizendo que isto é uma falta de consideração com os passageiros, outros apenas ficam com cara de assustado. O caos se instaura.

Após isto, a cada 15 minutos a tripulação avisa e pede desculpas pelo problema. Mas não indica o que estava sendo feito para solucionar o problema.

Quando chegamos a marca de 3 horas dentro do avião você já está com o nível de estresse ao máximo. Então vem a sua mente uma imagem de desastre, um pressentimento de que o avião irá cair.

O pessoal de cabine volta a se comunicar com os passageiros e avisa que vamos decolar e que o problema do banheiro foi resolvido. Novo silencio e uma nova revolta dos passageiros: E a turbina ? Está funcionando? Foi corrigido o problema ?

Bem, isto é apenas um relato para ajudar a explicar a complexidade da comunicação dentro e fora das empresas.

Podemos identificar alguns pontos para analise:

  1. Comunicação é um processo de troca de informações codificadas entre um emissor e um receptor utilizando um canal de comunicação. Ela pode ser afetada por valores pessoais, emoções, barreiras e ruídos.
  2. Falta de comunicação: É uma das principais reclamações dentro das empresas.  Isto frustra o colaborador e cria uma revolta coletiva dentro da empresa ou grupo. O colaborador sente-se menosprezado.É natural do homem moderno querer saber se o que está ocorrendo a sua volta afeta a sua vida. Cria-se então um ambiente de medo, incertezas e ansiedade diminuindo a motivação e concentração com o trabalho.

    Em ambientes que não existe comunicação, temos a criação de comunicação paralela não controlada, com falsas considerações. Este tipo de comunicação é mais conhecido como “rádio peão” ou “boato organizacional” que gera comunicação errada ou destorcida.

  3. Comunicação errada: Cria o caos dentro das organizações. Uma informação errada ou apresentada da maneira errada cria a quebra da confiança entre o colaborador e a liderança. Cria estresse e frustração e o rendimento pode cair da mesma forma que a falta de comunicação.
  4. Comunicação em Excesso: Comunicação em excesso satura o canal de comunicação. Ainda mais se ela não for conclusiva ou se for a mesma informação repetida várias vezes. O colaborador deixará de prestar atenção na mensagem. E quando a informação conclusiva ou definitiva chegar o colaborador poderá não querer escutar ou não prestar a devida atenção.

Com esta pequena analise destes pontos três podemos concluir que a comunicação utilizada de maneira errada pode ser destrutiva e desmotivadora, diminuindo a produtividade dos colaboradores.

Além disto, pode-se dizer que a comunicação deve ser aberta, de boa qualidade e na medida certa para atender a expectativa de todos os públicos. Ela deve eliminar incertezas e ambiguidades produzindo segurança e confiança entre o colaborador e a liderança.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Jefferson Colares de Freitas, porto alegrense, formado pela ULBRA-RS em Ciência da Computação e atualmente cursando Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas - FGV-RS, atua como Gerente de Aplicações para as operações do Brasil para Dana, uma empresa americana do segmento de autopeças. Possui mais de 20 anos de experiência no segmento automotivo, passando por várias áreas como Projetos, Qualidade, Controladoria, Sistemas de Gestão e IT. Email: jeffersonfreitas@gmail.com Site: http://www.jeffersoncfreitas.com.br Linkedin: br.linkedin.com/in/jeffersoncolaresdefreitas/

Jefferson Colares de Freitas

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes