Mobile

Ξ Deixe um comentário

Smartphones podem salvar adolescentes no uso de drogas?

publicado por Werique Franca

A utilização de tecnologias no século XXI é um caminho em constante evolução, e a cada dia consumimos dezenas de informações sem mesmo perceber. Dentro desse universo tecnológico, os Smartphone ganham a cada dia mais espaço, devido suas funcionalidades e capacidade de entregar entretenimento de alta qualidade.

Na contra mão desse universo tecnológico o mundo tem passado por inúmeras epidemias de drogas, que mata e destroem as famílias brasileiras. Na Pesquisa Nacional de Saúde Escolar (PeNSE), divulgado pelo IBGE traz dados preocupantes no uso de drogas no Brasil. A pesquisa feita em 2015 com estudantes concluintes do 9º ano em escolas públicas e privadas de todo país, na sua maioria entre 13 e 15 anos, mostrou que o consumo de bebidas alcoólicas subiu de 50,3%, em 2012, para 55,5% em 2015. Já a taxa dos que usaram drogas ilícitas aumentou de 7,3% para 9% no mesmo período.

Figura 1 – Percentual de escolares frequentando o 9º ano do ensino fundamental segundo experimentação de drogas ilícitas, cigarros e bebida alcoólica, por esfera administrativa da escola – Brasil/2015.

Figura 1 – Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais, Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar, Amostra 1, 2015

Como no Brasil, os Estados Unidos vive uma ascensão de drogas sintéticas e a possibilidade de legalização da maconha. Analisando a cultura da droga juvenil, foi identificado que os adolescentes americanos estão cada vez menos propensos a usar drogas, incluindo o álcool.

Essa boa noticia, dizem os especialistas; podem estar associado à utilização de smartphones, porque o uso desses dispositivos explodiu durante o mesmo período que uso de drogas diminuiu. A diretora do National Institute on Drug Abuse, Nora Volkow diz que planeja começar as pesquisas sobre o tema nos próximos meses e planeja convocar um grupo de estudiosos em abril para discutir o assunto.

No relatório anual “Monitoring the Future” financiado pelo governo americano, que mede o uso de drogas por adolescentes, descobriu-se que o uso de drogas ilícitas, além da maconha, estava no nível mais baixo dos últimos 40 anos do projeto.

Alguns dizem que a diminuição desse consumo, não está ligada ao uso constante dos Smartphone, mas ao acesso as campanhas de mídias e ações públicas eficientes. De uma forma ou de outra os Smartphones possibilitou a comunicação e acesso as informações, talvez as campanhas realmente funcionem, mas sem os Smartphones os adolescentes não conseguiriam visualizar as informações, porque a cada dia tornamos mais conectados a internet e mais cedo as crianças descobrem como a tecnologia é agradável e cheia de possibilidades.

Fontes:

RICHATEL, MATT – Are Teenagers Replacing Drugs With Smartphones? São Paulo. Disponível em: <//https://goo.gl/qTy4ZW//> Acesso em 15 mar. 2017.

MATSUURA, SERGIO – Uso de drogas aumenta entre os adolescentes no país – São Paulo. Disponível em:<//https://goo.gl/EGNBoU//> Acesso em 14 mar. 2017.

IBGE – Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar PeNSE – São Paulo. Disponível em:<//https://goo.gl/ZbnK1J//> Acesso em 14 mar. 2017.

 

Artigos Relacionados

Autor

Pós-Graduado em Engenharia de Software pela Universidade Nove de Julho, superior em Analise e Desenvolvimento de Sistema pelo Centro Universitário Ítalo Brasileiro. Mais de 04 anos de experiência como analista de sistema, desenvolvimento em VB.NET, banco de dados SQL Server e MySQL, apaixonado por tecnologia e novas soluções de negócios no século XXI.

Werique Franca

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Autores

Pesquisar:

Siga-nos!

Patrocínio

Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar

Inscreva-se em nossa Newsletter

Artigos Recentes