Carreira

Ξ 11 comentários

O perfil do gestor de T.I. – Técnico ou Administrador?

publicado por Eduardo Marques

A crescente importância e dependência da tecnologia nas organizações está fazendo com que a T.I. seja vista cada vez mais como uma parte integrante e essencial do negócio. Isso faz com que a T.I. tenha que se alinhar cada vez mais aos objetivos da empresa e deixar de focar somente na tecnologia em si.

Por outro lado, a T.I. continua sendo uma área de díficil compreensão para muitos CEOs, que tendem a pensar que basta apertar um botão para ter as coisas feitas.

Para balancear os dois pratos desta balança (tecnologia vs. negócio) o CIO deve manter um equilíbrio na sua gestão, não se deixando levar por aspectos puramente técnicos, pelo que surge a questão: qual o melhor perfil para um CIO? Um perfil mais embasado em conhecimentos tecnológicos e experiência comprovada na área de T.I. ou um perfil marcadamente mais administrativo, mesmo que com pouca experiência na área?

Os técnicistas poderão discordar comigo, mas um profissional com perfil exclusivamente técnico e operacional não será um bom gestor. Para ser um bom CIO é necessário ter visão administrativa e a habilidade conceitual para lidar com problemas complexos com consequencias de longo prazo para a empresa. Apesar da maioria dos profissionais de T.I. terem a habilidade de idéias e conceitos abstratos, tendem a pensar sempre em prazos mais curtos e quesitos técnicos, tomando por vezes decisões que no final do caminho podem se revelar erradas ou precipitadas.

Um perfil puramente de administração seria então o indicado? Poderiamos pensar que sim, afinal o administrador sabe como gerir. E quem gere um departamento ou área, gere a outra, certo? Vamos por partes: para ser um bom administrador é necessário que se tenha um conhecimento razoável daquilo que se está gerindo. Não menosprezando as outras áreas de conhecimento ou operação dentro de uma empresa, a área de T.I. é extremamente complexa e se divide em vários grupos de conhecimento. Um CIO com perfil unicamente administrativo pode deixar de visualizar as limitações tecnológicas ou não entender completamente a importância operacional de determinados projetos ou procedimentos de T.I. e suas implicações.

Como já dizia o ditado popular “nem 8, nem 80”. O gestor de Tecnologia da Informação deve deter conhecimento em ambas as áreas (administração e tecnologia). Existem até organizações que estão incentivando profissionais da área de T.I. a fazerem pós-graduação e MBA em Gestão e Administração, antevendo já a necessidade de profissionais que atendam a esse perfil – ou o inverso – capacitar gestores e administradores nas áreas de tecnologia da informação. Ainda assim, muitos destes profissionais polifacetados geralmente têm uma característica próativa e buscam por si só melhorar essas áreas do conhecimento.

É preciso levar em conta também o balanceamente entre os conhecimentos de tecnologia e administração, isso é o que fará a diferença entre o CIO mais técnico ou administrador. Dizer que um deles é melhor do que o outro é falácia, poderiamos talvez dizer que para determinado tipo de projeto é melhor um ou outro. Cabe a cada CIO se analizar e tentar evoluir conforme a cultura e objetivos da organização para determinado instante, sempre buscando o conhecimento.

E você, como acha que deve ser o perfil do gestor de T.I.? Deixe seu comentário.

Artigos Relacionados

Autor

Eduardo Marques, 14 anos de experiência, é Consultor de T.I. atuando nas áreas de Gerência de TI, Projetos, Infra-estrutura e Segurança.

Possui formação em Tecnologia da Informação e em Administração, com especialização em segurança de sistemas da informação e administração de redes de computadores.

É articulista da TI Especialistas e mantém um blog de tecnologia em http://blog.emporio-web.com.

Veja mais artigos do autor, aqui.

LinkedIn:
http://br.linkedin.com/in/eduardoluismarques

Email:
emarques@progere.com

Eduardo Marques

Comentários

11 Comments

  • Não há duvidas que a T.I. se tornou parte fundamental do negócio das empresas atualmente. “Parte” talvez não seja a forma ideal para caracterizá-la, considerando que essa área permeia grande parte, senão TODO o negócio corporativo.

    Há algumas décadas, muitas empresas garantiram sua sobrevivência por terem se modernizado e terem aplicado em seu business o conceito e ferramentas de Tecnologia de Informação garantindo maior eficiência, maior controle e possibilidade de tomar decisões rápidas baseadas em relatórios em tempo real de sistemas de informação sejam eles quais forem.

    Essa dependência, como muito bem retratada pelo Eduardo, é real e concreta. A visão do negócio e a aplicação da tecnologia vêm caminhando lado a lado, dependentes, complementares…

    Se houvesse a possibilidade de me utilizar da matemática para exemplificar minha visão pessoal de como deve ser um gestor de TI, eu diria 20% tecnico, 70% visão administrativa e 10% time técnico forte na “retaguarda”.

    A meu ver, é dever do gestor de TI focar em aplicações da tecnologia para melhorar/renovar os resultados do negócio, um foco mais administrativo.

    Um time técnico forte, empreendedor, que busca alternativas tecnológicas para serem colocadas em prática, é de fundamental importância para alimentar o CIO de informações que, com conhecimento macro em tecnologia, pode tomar a melhor decisão.

  • Abner, muito obrigado pelo seu comentário. Veio para enriquecer este artigo.

  • Sr. Eduardo Marques, Boa Noite,

    Magnifico o seu artigo sobre o perfil do gestor na área de TI, é em cima deste artigo seu que tento tirar minha dúvida espero que possa me ajudar. Estou para fazer faculdade e na verdade penso em fazer ” Gestão de Internet e redes de computadores” – Formação Especifica – curso oferecido pela Uninove e ao mesmo tempo eles oferecem o curso de Redes de Computadores – Tecnologia -. Pergunto-lhe é possivel fazer gestão de redes ao contrário de se fazer Redes de Computadores. Espero que tenha entendido a pergunta. Pois na minha visão eles estão oferecendo dois cursos:
    Um para Gerir, administrar, implantar e supervisionar redes.
    e o outro para ser o desenvolvedor de redes o Técnico em sí.

    Obrigado e espero que me ajude

    • Bom dia Ricardo!

      Em primeiro lugar, muito obrigado pelo seu comentário. Em relação ao seu questionamento, em principio é possível fazer o curso de gestão de redes em vez do técnico. Normalmente nesses cursos existem disciplinas para que você aprenda o suficiente sobre redes para fazer a gestão. O ideial é verificar junto a universidade se existe algum pré-requisito e obter a ementa com as matérias e as disciplinas de ambos os cursos, os próprios cursos costumam indicar quais as saídas profissionais. Entre em contato com a universidade e peça por mais detalhes, tenho a certeza que lhe irão ajudar na escolha.

      Um abraço,
      Eduardo Marques

  • Adorei este artigo, esta de parabéns..
    Bem, estou fazendo um trabalho para a faculdade estou cursando o 7º periodo de adm, neste trabalho tenho que relatar um pouco a história da tecnologia na administração, a principio achei uma tortura desenvolver este trabalho, mas me susrgiu uma pergunta: “qual o papel do administrador no gerenciamento da tecnologia?” e “qual tipo de modelo de gestão de pessoas? eu sei que existe a liderança: transacional, carismática, situacional, liderança orientada pra a tarefa, orientada para pessoas, autocracia, mas não consegui indentificar!
    você pode me ajudar? preciso entregar esse trabalho dia 04/03/2011
    se possivel responder p/ meu email?
    Sheyfelix@hotmail.com

    • Oi Sheyla!

      Obrigado pelo comentário ao artigo!

      Em relação à pergunta que colocou eu acho que o papel do administrador no gerenciamento de tecnologia é acima de tudo se assegurar que a tecnologia está alinhada com os objetivos da empresa, ou seja, que a tecnologia cumpra a sua função principalmente de alavancar os resultados e dinamizar o desenvolvimento da organização, sem no entanto se transformar em uma âncora que amarre a organização à tecnologia. Por vezes os projetos de tecnologia que deveriam trazer benefícios para a empresa acabam por se tornar obstáculos ao desenvolvimento, demandando grandes recursos e perdendo o foco.

      O administrador de TI deve manter a tecnologia no seu lugar, administrando corretamente seus recursos, pessoas e projetos. Ao mesmo tempo ele tem que argumentar com a Diretoria e restante administração para poder demonstrar o valor da TI e obter financiamento e verba para os projetos realmente necessários e que podem trazer proveitos para a empresa.

      Quanto ao tipo de modelo de gestão de pessoas, acho que depende muito do gestor em si e da situação. Não existe um tipo mais ou menos correto na minha opinião.

      (enviado por e-mail)

  • errei na data de entre: 04/04/2011

  • Obrigado pela ajuda, vc conseguiu esclarecer minha dúvida com palavras simples de fácil entendimento!!
    Mai uma vez, parabéns pelo artigo!!

    • Disponha sempre. Boa sorte com seu trabalho!

  • Srs
    Acredito que o perfil de administração e básico para toda atividade, coisa que um bom curso de MBA (não esses cursos de MBA em alguma coisa que não exitem, MBA significa: Master em Business Administration e não em projetos por ex). Agora e fundamental o conhecimento técnico em TI (vc aceitaria um Diretor Medico que nao seja medico ????) e isso falta no Brazil, Muitos CIO e diretores não tem formação na área e o pior e que não se interessam em aprender, tem um problema cultural pre-Collor que gerente não deve conhecer a materia que gerencia… imagina um diretor. Assim tomam desicoes erradas e aceitam prazos sem argumentar e por isso TI tem um custo altíssimo e com baixa produtividade. …. não e a toa que Br esta onde esta
    abs

  • […] Portanto, para empreender em apps não é preciso se aprofundar em nenhuma área de desenvolvimento. O importante é conseguir um bom equilíbrio entre conhecimento da tecnologia e administração de um negócio. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga-nos!

Patrocínio

SUPER PROMOÇÃO

Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar

Inscreva-se em nossa Newsletter