Carreira

Ξ Deixe um comentário

O fantástico mundo paralelo dos empreendedores

publicado por Flávio Steffens

Planejar é essencial para lançar um produto. É preciso definir um escopo, um prazo, uma estimativa de custos e, logicamente, uma estimativa de ganhos. Afinal de contas, você só irá criar alguma coisa que irá lhe trazer retorno, não é mesmo?

Você começa a calcular quantos clientes precisa para primeiro pagar as contas, depois para crescer e para dar lucro.

E é aí que o fantástico mundo paralelo dos empreendedores começa a florescer.

Tudo começa pela precificação do seu produto ou serviço. Feitos alguns cálculos, soma aqui, divide ali e pronto. Chega-se a um valor de, digamos, R$ 10,00.

Daí você começa a pensar em quantas vendas precisa para pagar as contas. Você tem luz, água, aluguel, salários de colaboradores, gastos com internet, etc. Soma aqui, multiplica ali, e pronto. Você define que precisa de 200 assinaturas mensais para pagar tudo isso (R$ 2.000,00).

Você então faz um planejamento de vendas. Pensa que vai anunciar no Facebook, no Google, visitar algumas feiras… e que conseguirá atingir 50 assinaturas no segundo mês do seu produto. Legal! Faz sentido.

Mais um pouco, e você percebe que conhece uma pessoa de uma empresa, que com certeza vai adorar fazer uma parceria com você. Ele irá te indicar para os clientes deles, que não tem porque não assinar o seu serviço. Com isso, no quarto mês, somado as suas 50 assinaturas anteriores, você atingiria 150 assinaturas (você foi “pessimista”, na sua opinião, e estimou em 100 assinaturas extras vindas da parceria).

Então faz uma matemática misteriosa (aquela que todos nós fazemos, de cabeça) e estima que o seu crescimento será de 25 assinaturas novas por mês. Então, pelas suas contas, no sexto mês você estará atingindo a meta de 200 assinaturas.

Só que você é experiente. Sabe que a vida não é tão bela assim. Então usa a matemática misteriosa e cria uma média mais “realista”. Talvez tudo isso aconteça no oitavo mês, correto. Parece mais óbvio.

Oito meses para zerar os custos. Parece bom, ainda mais com essa taxa de crescimento de assinaturas. Mas você quer mais.

Então lembra de todos os seus amigos que tem empresa, e que também podem te indicar. Uma parceria com eles será vital.

Lembra dos contatos com outras empresas, que vão adorar conhecer o seu produto. Lembra que é fácil apresentar o que você faz, basta ligar e marcar uma apresentação. Você estima, de forma “realista”, que quase todos irão assinar o seu produto.

E percebe que com um ano de produto, já terá verba inclusive para começar a pensar no crescimento da empresa.

Seu produto será um sucesso. Você começa a treinar para entrevistas que irá dar para jornalistas. Lembra inclusive das dicas que já lhe deram, sobre a postura e a linguagem a ser utilizada em cada uma das mídias.

Você então senta no sofá, orgulhoso.  Foi um dia produtivo. O seu produto é um sucesso no mundo. No fantástico mundo paralelo dos empreendedores, onde o “não” e o “fracasso” são palavras que não fazem sentido algum.

Artigo postado originalmente em www.agileway.com.br

Artigos Relacionados

Autor

Flávio Steffens de Castro é empreendedor na Woompa (www.woompa.com.br), criador do crowdfunding Bicharia (www.bicharia.com.br) e gerente de projetos desde 2006. Trabalha com métodos ágeis de gerenciamento de projetos desde 2007, sendo CSM e autor do blog Agileway (www.agileway.com.br).

Flávio Steffens

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Autores

Pesquisar:

Siga-nos!

Patrocínio

Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar

Inscreva-se em nossa Newsletter